Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói

Nesta segunda-feira, 12/3, o curso de Relações Internacionais realizou a Aula Especial ‘A Quarta Revolução Industrial e o cenário futuro para o Brasil: Desindustrialização, Reprimarização e Dependência’, com o professor doutor Hermes Moreira.

Na abertura do evento, a professora Carla Borba, coordenadora do curso ressaltou que “ao longo dos anos as aulas especiais temáticas do curso de Relações Internacionais têm se consolidado como um espaço de troca, de partilha e aprendizado, para a comunidade acadêmica e externa”. De acordo com o coordenador do projeto, professor Rogério Costa, a palestra do Professor Hermes Moreira mostrou as capacidades econômicas que o país constrói e sua potencialidade de inserção internacional, bem como o desenvolvimento com menos desigualdade. “Quanto mais especializado em produtos primários, mais o Brasil se distancia de forjar uma economia dinâmica e com alta capacidade de produzir bem-estar social ao seu povo”, evidencia Rogério.

Hermes Moreira trouxe para os estudantes um novo debate que está ganhando corpo na imprensa, academia, governos e grandes corporações transnacionais: a incorporação da inteligência artificial nos processos produtivos industriais e nas empresas de prestação de serviços. Trazendo para a realidade do país, a Aula Especial de RI atentou para como o Brasil está se posicionando frente a onda de sofisticação tecnológica que se desenvolve no centro da economia-mundo capitalista e esboçou avaliações do impacto das novas dimensões tecnológicas para a indústria brasileira, bem como sobre o mercado de trabalho e estrutura social.

Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (14)
Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (13)
Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (15)
Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (12)
Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (16)
Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (11)
Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (10)
Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (18)
Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (17)
Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (19)
Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (9)
Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (8)
Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (7)
Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (4)
Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (5)
Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (6)
Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (1)
Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (2)
Aula especial debate cenários futuros para a economia que o país constrói (3)

De um modo geral, a palestra atentou para decorrência do não incorporar os processos da Quarta Revolução Industrial ao país, criando a tendência para que a economia do Brasil passe a depender tecnologicamente do exterior. Para Hermes, atualmente o Brasil está bastante distante do que tem sido feito na fronteira tecnológica. Esta defasagem impulsiona o pais para se especializar cada vez mais na produção e extração de commodities agrícola e minerais. O que acaba gerando renda e produtividade muita mais baixa e criando uma dependência do que é produzido no exterior em termos de tecnologia de ponta e produtos finais. “Se o país tem projeções de um maior desenvolvimento econômico, redução de desigualdade social, acesso a renda, depender do Agro é pouco”, destaca o palestrante.

Este movimento de debate sobre temáticas atuais tem reforçado o compromisso da Unisul com a comunidade e a coloca entre as melhores universidades de Santa Catarina e do Brasil, de acordo com o MEC.

COMPARTILHAR