A importância do Direito na carreira de policial militar

Quando iniciou a carreira militar em 1992, Ronaldo da Silva Cruz não imaginava o caminho que sua vida tomaria. No ano seguinte ele ingressaria na Polícia Militar, se formaria em Direito pela Unisul em 2004, professor da universidade em 2009 e, dez anos depois, assumiria o comando do 19º Batalhão de Polícia Militar de Araranguá.

O Tenente-Coronel acredita que a formação em Direito é essencial para a carreira dos policiais militares. “Ela dá o devido alicerce para saber dosar o emprego da legislação dentro dos aspectos de equidade, técnica e humanidade”.

E foi pensando nessa relevância para a vida dos PMs que ele resolveu se desafiar e começar a lecionar. “Exercer as duas profissões, de policial e de professor, é algo engrandecedor. Ambas lidam com pessoas que necessitam, de formas diferentes, de alguma espécie de auxílio. Então, poder colaborar com a melhoria do cidadão em um momento de urgência ou na aprendizagem é algo muito prazeroso”, enaltece Ronaldo.

Hoje, o professor leciona apenas na Unidade de Içara, porém, já atuou também em Tubarão e Araranguá. A área que Ronaldo ensina é a criminal, que engloba as unidades de aprendizagem de Processos Penais e Criminologia.

Sobre o futuro, o agora comandante sabe que terá muitos desafios pela frente. “Quero dar continuidade ao trabalho que foi realizado pelo meu antecessor, o Tenente-Coronel Maike Adriano Valgas. Depois, aprofundar algumas áreas que são relevantes para que o serviço do PM seja cada vez mais de vanguarda, como as questões tecnológicas, inteligência policial, fortalecimento de parcerias e aumento da presença policial são alguns dos destaques”, finaliza.

COMPARTILHAR