Agência Nacional de Petróleo (ANP) credencia dois Laboratórios da Unisul

Os dois laboratórios da Unisul que foram credenciados pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) estão aptos para iniciarem projetos em conjunto com a própria ANP e, também, com a Petrobrás. A empresa já havia procurado a universidade para iniciar um estudo. A Unisul é a terceira universidade em Santa Catarina a ter laboratórios credenciados pela ANP.

O anúncio do credenciamento foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) no dia 28 de junho. “Agora com esse aval, os projetos trarão recursos para a compra de equipamentos de alta tecnologia. Os estudantes aprenderão muito mais e isso é um grande diferencial para os cursos da Unisul. Nós temos empresas da região que só estavam esperando o credenciamento para iniciarem os projetos em conjunto”, comenta o coordenador do curso de Engenharia de Petróleo, Richard Amorim.

Para o diretor do Centec – Centro Tecnológico da Unisul, professor Celso Albuquerque, o credenciamento foi muito importante pois mostra o resultado do trabalho da equipe de professores e técnicos que atuam nos ambientes de aprendizagem. “Esses credenciamentos e certificações habilitam os laboratórios do Centec a prestarem serviços com excelência para órgãos governamentais, empresas privadas e a comunidade em geral”.

Parceria com a Petrobrás

Em janeiro deste ano, a Unisul foi procurada pela empresa para desenvolver um catalisador para a produção de um polietileno especial para a confecção de cabos navais. A tecnologia seria a primeira em todo o mundo. Com o credenciamento, o estudo pode ser iniciado.

O catalisador é a matéria-prima que faz com que a nafta, um derivado do petróleo, se transforme em plástico. “O Brasil não possui tecnologia de catalisadores. A Petrobras quer ser a primeira empresa a desenvolver um catalisador brasileiro, em nível industrial, e que pode revolucionar o futuro da petroquímica no país”, afirma Richard.

COMPARTILHAR