Alunos de engenharia apresentarão trabalhos em fórum internacional

Os alunos do curso de Engenharia Civil, João Victor Joenck Hoffmann e Vinicius Heiderscheidt, e de Engenharia Ambiental e Sanitária, Helena Cristina Zanatta, apresentarão seus trabalhos no congresso internacional da ‘XVI Brazil MRS Meeting 2017’, que acontecerá do dia 10 a 14 de setembro, em Gramado/RS.

O fórum anual, é dedicado a avanços e perspectivas recentes em ciência e tecnologia de materiais e neste ano terá pela primeira vez a participação de várias Sociedades Latino-americanas de Pesquisa de Materiais.

O aluno João Victor é do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica- PIBIC/CNPq, orientado pela Professora Dr.ª Paola Egert Ortiz e teve seu trabalho aprovado para uma apresentação oral, em língua inglesa. Helena Cristina e Vinícius, participam do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação-PIBITI/CNPq, orientados pelas professoras Paola Egert Ortiz e Heloisa R. Turatti Silva, respectivamente, e tiveram seus trabalhos aprovados para apresentação na modalidade pôster. Os pesquisadores fazem parte do grupo de Pesquisa em Ciência, Tecnologia e Inovação em Materiais (GPCTIM) da Universidade do Sul de Santa Catarina/UNISUL, certificado pelo CNPq.

Com a apresentação oral em outra língua, João Victor, conta que está preparado para esta parte importante de sua vida acadêmica. “O evento oportunizará um momento ímpar de discussão, entre pesquisadores, sobre resultados que apresentaremos sobre nosso trabalho de pesquisa, e talvez novas ideias e sugestões possam ser agregadas ao projeto que terá sua continuidade por mais um ano”, acredita.

A aluna Helena Cristina, diz estar com muitas expectativas para este grande evento. “Estou bastante ansiosa, mas convicta que será uma experiência maravilhosa, afinal será a primeira vez que levaremos o resultado de nossa pesquisa para apresentação à comunidade científica. Um encontro científico deste porte como este da SBPMat, sempre abre portas para o conhecimento”. Pelo segundo ano consecutivo no evento, Vinicius, fala que participará com mais tranquilidade. “Avançamos muito nos resultados de nossa pesquisa sobre a incorporação de resíduo de vidro em argamassas de concreto, o que nos deixa muito seguros com relação à apresentação”, projeta.

O evento é realizado pela Sociedade Brasileira de pesquisas em Materiais (SBPMat) e, o grupo apresentará para a comunidade científica. São resultados de dois anos de pesquisa e os trabalhos abordarão temas relacionados as linhas de pesquisa estudadas pelo grupo GPCTIM. Os estudos envolvendo plasma abordam tratamentos superficiais em materiais poliméricos e metálicos, e, o estudo sobre aproveitamento de resíduos, trata de incorporação de resíduo de vidro ao concreto.

A orientadora, professora Paola Egert Ortiz, relata que este ano será diferente dos outros anos de participação do SBPMat. “Temos participado todos os anos do evento realizado pela Sociedade Brasileira de pesquisas em Materiais. Vamos num grupo grande, somos, ao todo, 11 pesquisadores do grupo GPCTIM, três professoras e sete alunos, sendo duas apresentações orais e 5 pôsteres. Além disso, os trabalhos estão lindos”. Também a orientadora e líder do grupo de pesquisa, professora Heloisa Regina Turatti Silva, conta que este ano a universidade estará bem representada. “Estamos orgulhosas do desempenho dos alunos. Neste mês de agosto, estamos empenhados nas preparações das apresentações, pois queremos representar muito bem nosso grupo e instituição no evento”, finaliza.

Saiba mais sobre os projetos:

Sustainable mortars: a proposal on the incorporation of waste to reduce the use of cement in mortars
Vinicius Heiderscheidt/ Apresentação em pôster

O estudo trata do resíduo de lapidação de vidro, que difere do resíduo de vidro comum pela presença de floculante utilizado nos processos de fabricação, inviabilizando este para reciclagem comum. O estudo apresenta a incorporação deste resíduo em substituição parcial sobre a massa do cimento. Resultados mostraram que o resíduo é potencialmente inócuo e parece controlar possíveis reação químicas indesejáveis, na medida em que a incorporação aumenta.

Surface characterization of plasma-treated cellulose acetate membranes containing extract from medicinal plants
João Victor Joenck Hoffmann/ Apresentação Oral

O estudo mostra as modificações superficiais de membranas de acetato de celulose, com e sem a incorporação de extrato de planta medicinal, tratadas a plasma sob diferentes condições. Resultados indicam ainda a existência de relação entre a morfologia resultante e a molhabilidade do material, acrescida com o aumento do tempo e temperatura de tratamento. A hidrofilicidade das membranas pode, portanto, ser melhorada com o tratamento a plasma utilizado. Este trabalho contou com a participação de pesquisadores de outros grupo e Instituições. São eles: Prof.ª Dr.ª Rachel F.Magnago, Dr.ª Deise R. Consoni, Prof. Dr. Jasper J. Zanco.

Study of plasma treatment applyed to cutting tools manufactured in high-speed steel and used by technology enterprise
Helena Cristina Zanatta/ Apresentação em pôster

O estudo é desenvolvido em parceria com empresa de tecnologia do estado de Santa Catarina e mostra a caracterização superficial de aço rápido tratado a plasma, material utilizado por esta em ferramentas de corte na fabricação de seus equipamentos/Máquina Operatriz Têxtil. Resultados apontam para uma melhora no desempenho destas ferramentas quando tratados a plasma, se comparado ao desempenho das mesmas sem tratamento.

 

COMPARTILHAR