Alunos realizam palestra sobre plantas medicinais

Orientados pela professora Simony Davet Müller, os acadêmicos da 6ª fase do curso de Farmácia da Unisul realizaram palestras para divulgar conhecimentos sobre plantas medicinais e fitoterápicos com a comunidade externa. Entre os dias 04 e 05 de dezembro, os estudantes realizaram um evento em parceria com o supermercado Althoff de Tubarão e instruíram os colaboradores da empresa sobre o tema. A atividade faz parte da unidade de aprendizagem Estágio Supervisionado em Farmácia III e do Projeto de Extensão Educação Ambiental da Unisul.

A importância da educação em saúde é uma das lições que a atividade deixa para a estudante Kellen Marcon Medeiros que participou do desenvolvimento das palestras. “Nós escolhemos informações sobre as formas de uso, preparo, indicações, interações e contraindicações dessas plantas medicinais, apresentando o conteúdo de forma acessível e com objetivo de agregar conhecimento em relação ao uso”, destaca.

O trabalho acadêmico buscou instigar o interesse do público sobre diferentes formas de tratar a saúde. Tainara Marcelino Shipinski, uma das acadêmicas participantes, explica que se surpreendeu com o resultado da atividade. “Achei muito legal e interessante poder dividir esse aprendizado nosso de sala de aula com a comunidade e ver neles um interesse sobre o tema”, acrescenta.

Plantas medicinais e fitoterápicos

A medida está inclusa como uma das 29 Práticas Integrativas Complementares (PICs) disponíveis e indicadas ao tratamento de pacientes no Sistema Único de Saúde. A utilização desta forma de tratamento alternativo é estimulada pela área da saúde através do Programa Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos que foi regulamento em 2008. Assim, a iniciativa visa “promovendo o uso sustentável da biodiversidade”, de acordo com o Ministério da Saúde.

Simony, orientadora do projeto, alerta que como esta forma de terapia pode interagir com outros medicamentos a instrução se faz necessária. “O Ministério da Saúde incentiva o uso racional e orientado de plantas medicinais e fitoterápicos, sendo que nesta área o farmacêutico se insere por possuir conhecimentos técnicos para auxiliar a população”, finaliza.

COMPARTILHAR