Carreira internacional une o conhecimento jurídico e corporativo

A carreira jurídica parecia uma boa opção para Renato Melillo Neto, graduado em Direito na Unisul. Entretanto, o mundo corporativo mudou seus planos, aproveitou os conhecimentos e práticas entre as duas profissões para realizar o mestrado na Suécia.

“Estudar Direito sempre foi uma escolha considerável para mim e a mais natural dentre todas as outras, tendo em vista boa que parte de minha família tenha optado por uma carreira jurídica, inclusive meus pais”, afirma Renato, egresso de Direito da Unisul.

O Direito e a Adminstração

Além da influência familiar, as áreas que constituem o Direito como as ciências políticas, filosofia e sociologia foram determinantes para que Renato optasse pelo curso e aliado a isso, a proximidade da universidade de sua casa e qualidade da Unisul. Ingressou na Unisul em 2011 e um ano depois, passou a cursar Administração Empresarial, mas desta vez, na Udesc.

Esse tempo de dedicação aos cursos não fugiu do comum pois Renato sentiu dificuldades em algumas disciplinas e mal se deu conta de que os semestres passaram rápido demais. “Meus dias eram bastante ocupados, porém gratificantes principalmente ao final de cada fase. Apreciar meu momento na faculdade e a oportunidade que tive de estudar Direito me formaram como profissional, e fizeram parte da minha construção como indivíduo”, recorda.

Ainda segundo Renato, com a graduação em Direito, a proposta inicial era advogar tanto pela natureza da profissão quanto pela compatibilidade com o seu perfil. Contudo o inesperado aconteceu e a carreira corporativa se mostrou ideal e por isso, se mudou à Suécia para realizar o mestrado em Desenvolvimento de Negócios e Internacionalização, na Umeå University.  

“Acredito que a minha formação jurídica se provou relevante nos estudos de mestrado, me proporcionando maior familiaridade e facilidade perante meus colegas enquanto estudava assuntos como Governança Corporativa, compliance, M&As – fusões e aquisições – e é claro, contratos”, afirma Renato.

Os planos

Atualmente Renato trabalha em Estocolmo, planeja embarcar em novos projetos sempre para aprender mais e publicar um livro. “Não penso em me acomodar, todavia quero me dedicar também às atividades filantrópicas e realizar o sonho de abrir meu próprio empreendimento compartilhando um pouco da minha visão e sonhos com outras pessoas”, conclui.

COMPARTILHAR