Centro de Desenvolvimento Sustentável da Unisul recebe menção honrosa em Simpósio Mundial

Uma delegação de pesquisadores da Unisul, do Centro de Desenvolvimento Sustentável – Grupo de Pesquisa em Eficiência Energética e Sustentabilidade (Greens), participou na quarta edição do World Symposium on Sustainable Development at Universities (Simpósio Mundial de Desenvolvimento Sustentável nas Universidades), na Universidade de Ciências da Malásia (Universiti Sains Malaysia – USM) na cidade de Penang, Malásia.

Durante o Simpósio, os pesquisadores da Unisul apresentaram os resultados das pesquisas do Projeto Bridge: construindo resiliência numa economia global dinâmica; complexidade no nexo entre alimentos-água e energia no Brasil. A articulação reúne as universidades de Cambridge, no Reino Unido, e a Unisul. Este projeto conta com o financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Fundo Newton e Research Councils United Kingdom (RCUK).

Representaram a Unisul neste evento os professores José Baltazar Salgueirinho Osório de Andrade Guerra, líder e pesquisador do Centro de Desenvolvimento Sustentável, Greens e professor permanente dos mestrados em Administração e Ciências Ambientais, Wellyngton Silva de Amorim, pesquisador do Greens e mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da Unisul, Isabela Blasi Valduga, pesquisador do Greens.

Os pesquisadores da Unisul apresentaram dois artigos: Identifying and Overcoming Communication Obstacles to the Implementation of Green Actions at Universities: A Case Study of Sustainable Energy Initiatives in South Brazil, da autoria de João Marcelo Pereira Ribeiro, Aline Autran, Stephane Louise Boca Santa, Ana Valquiria Jonck, Mica Magtoto, Rafael Ávila Faraco e José Baltazar Salgueirinho Osório de Andrade Guerra. O segundo artigo intitulou-se:  Sustainable Campuses as Living Labs for Sustainable Development: An Overview of a Brazilian Community University, da autoria de Issa Ibrahim Berchin, Wellyngton Silva de Amorim, Isabela Blasi Valduga, Mauri Luiz Heerdt e José Baltazar Salgueirinho Osório de Andrade Guerra. Ambos os artigos apresentados pelos pesquisadores da Unisul foram selecionados para publicação numa obra internacional da Editora Springer.

Ao final do Simpósio, o artigo apresentado pelos pesquisadores da Unisul, intitulado: Sustainable Campuses as Living Labs for Sustainable Development: An Overview of a Brazilian Community University recebeu uma menção honrosa. Foi a única distinção concedido para artigo de pesquisadores brasileiros neste simpósio Mundial.

A pesquisadora do Greens, Isabela Blasi Valdga, disse que essa foi uma das experiências mais engrandecedoras da sua vida. “Tive a oportunidade de discutir o futuro do desenvolvimento sustentável nas universidades junto a grandes centros de pesquisa internacional, de 20 países diferentes, buscando sempre expandir novos horizontes na luta por um mundo mais resiliente e sustentável. Não posso deixar de agradecer ao Wellyngton Amorim pela parceria e por dividir comigo essa grande responsabilidade. Ao Issa Berchin, que não pode estar conosco mas liderou o desenvolvimento dessa pesquisa. E claro, ao meu professor Baltazar de Andrade Guerra, por demonstrar a importância da pesquisa e empoderar alunos, como eu, sem especialização, mas com força e desejo de mudança, a protagonizar discussões tão relevantes e desafiadoras para o nosso futuro. Receber o reconhecimento da Coordenação do evento pela competência e qualidade das nossas pesquisas e viver essa experiência única, realmente não tem preço”.

Issa Ibrahim Berchin, pesquisador do Greens, que liderou esta pesquisa afirma que está honrado pelo reconhecimento acadêmico internacional do nosso artigo, oriundo das pesquisas da dissertação de mestrado, orientadas pelo professor Baltazar de Andrade Guerra. “Obrigado também aos amigos e coautores Wellyngton e Isabela por suas contribuições, que foram fundamentais. Além do professor Mauri Luiz Heerdt, cuja presença nos inspira”.

O Greens reúne mais de 25 pesquisadores, do Brasil, Reino Unido e Estados Unidos da América e as suas linhas de pesquisa são: Os nexos entre água-alimentos e energia, no contexto das estratégias de mitigação das mudanças climáticas, Desenvolvimento Sustentável, Educação Ambiental e Green campus, Cidades Sustentáveis, Justiça Ambiental e Refugiados Ambientais, Igualdade de Gênero e Sustentabilidade.

COMPARTILHAR