Centros de inovação de Cambridge recebem pesquisadores da Unisul

Uma delegação da Universidade composta por pesquisadores do Grupo de Pesquisa em Eficiência Energética e Sustentabilidade (Greens), realizou visitas técnicas à Cambridge Entreprise e ao Saint John’s Innovation Centre. Ambos os locais são da Universidade de Cambridge e a agenda tem foco no Empreendedorismo, Inovação e transferência de Tecnologia.

O grupo da Unisul foi integrado pelos professores Baltazar de Andrade Guerra, Rafael Faraco e Celso de Albuquerque, além dos mestrandos João Marcelo Ribeiro e Issa Ibrahim Berchin. Além de pesquisadores do Greens, os professores e alunos participam do Projeto de Pesquisa Bridge, que conecta a Unisul e a Universidade de Cambridge.

A Cambridge Entreprise dedica-se a ajudar alunos e funcionários a comercializar suas ideias e compartilhar conhecimentos adquiridos com pesquisas. Sua missão é fazer do mundo um lugar melhor, apoiando a inovação acadêmica que é responsável pela criação de produtos, serviços e consultoria que beneficiam a Universidade, o Reino Unido e a sociedade em uma escala global.

Já, o St John’s Innovation Centre tem como missão fornecer um ambiente de incubação dinâmico e suporte para acelerar o crescimento de firmas inovadoras e ambiciosas na região de Cambridge.

A visita ocorreu no âmbito do projeto ‘Bridge: construindo resiliência numa economia global dinâmica, complexidade no nexo entre alimentos-água e energia no Brasil’. O Projeto conta com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Fundo Newton e Research Councils United Kingdom (RCUK). No Brasil o projeto é coordenado pelo Grupo de Pesquisa Greens, liderado pelos professores Baltazar D´Andrade Guerra e Rafael Ávila Faraco.

O Greens reúne cerca de 20 pesquisadores, do Brasil, Canadá, Reino Unido e Estados Unidos da América, das seguintes Universidades: Unisul, UFSC, Universidade de Cambridge (Reino Unido), Universidade de Manitoba (Canadá) Universidade de Liverpool (Reino Unido) e tem como linhas de pesquisa: Mudanças climáticas e desenvolvimento Sustentável, o nexos entre água-alimentos e energia, educação ambiental e Green campus, cidades sustentáveis.

COMPARTILHAR