Cineclube divulga programação de junho

O curso de Cinema da Unisul, em parceria com a Fundação Catarinense de Cultura de Santa Catarina, exibe filmes com entrada gratuita e aberta ao público em geral. Os filmes são exibidos no CIC, todas as semanas, de quinta-feira a domingo, às 20 horas.

Confira a programação do Cineclube Cinema Unisul que estará em cartaz:

Dia 31 de Maio, 1, 2 e 3 de Junho de 2018, 20h (quinta-feira, sexta-feira, sábado e domingo)

Lançamento: A Vida Extra-ordinária de Tarso de Castro

Direção: Leo Garcia, Zeca Brito

Gênero: Documentário

País: Brasil

Ano: 2018

Duração: 90 minutos

Classificação Indicativa: 12 anos

​Boêmio. Provocador. Sedutor. Revolucionário. Além de idealizador do Pasquim, Tarso de Castro foi um dos maiores jornalistas do Brasil. Ao investigar sua vida, a recente história do país e o retrato de uma geração que viveu sonhos extraordinários vêm à tona.​

 Dia 7, 9 e 10 de Junho de 2018, 20h (quinta-feira, sábado e domingo)

Parceria entre o Cine Paredão e Cineclube Rogerio Sganzerla da UFSC, o Cineclube de Cinema da Unisul e o Grupo de Pesquisa Artes e Mestiçagens poéticas, CNPq/UFSC.

Sudoeste

Direção: Eduardo Nunes

Gênero: Drama

País: Brasil

Ano: 2012

Duração: 128 minutos

Classificação Indicativa:

Em uma cidade pacata e anônima, durante um dia apenas, Clarice (Simone Spoladore) vê sua vida se desenrolar de maneira circular, da morte ao nascimento, e depois à velhice mais um vez. Ela observa as pessoas ao seu redor, que não envelhecem, e que não entendem sua existência. Esta mulher deve compreender a importância de temas fundamentais como a vida, a morte, a maternidade e a violência.

Dia 8 de Junho de 2018, 20h (sexta-feira)

Parceria entre o Cine Paredão e Cineclube Rogerio Sganzerla da UFSC, o Cineclube de Cinema da Unisul e o Grupo de Pesquisa Artes e Mestiçagens poéticas, CNPq/UFSC. Com a presença do diretor Eduaro Nunes.

Unicórnio

Direção: Eduardo Nunes

Gênero: Drama

País: Brasil

Ano: 2017

Duração: 122 minutos

Classificação Indicativa:

Quando o pai de Maria (Bárbara Peixoto) deixa sua casa, a menina e sua mãe voltam a seu cotidiano de cuidar da casa e da plantação e esperam que ele regresse. Porém, quando o destino das duas se cruza com um criador de cabras que vive na região, elas se entregam a seus desejos e o futuro de sua família pode se tornar trágico.

Dia 14, 15,16 e 17 de Junho de 2018, 20h (quinta-feira, sexta-feira, sábado e domingo)

Lançamento Catarinense: Nada Precisou ser Refeito

Direção: Alan Langdon e Guilherme Ledoux

Gênero: Documentário

País: Brasil

Ano: 2017

Duração: 110 minutos

Classificação Indicativa:

O Toucinho Trio pegou a estrada, levando sua música instrumental e documentário Sistema de Animação para cinco palcos do Sesc SC. Vendo os astros se alinham, não perdemos a deixa e entramos na van com o irreverente Toucinho Batera, Giann Thomasi (sax) e Fábio Carlesso (guitarra). Guiados por um cristal com poderes de premonição (e pelo tiozinho da van), a turma filmou tudo que aconteceu nos palcos, hotéis, estradas, bufês livres e esquinas de Joinville, Jaraguá do Sul, Lages, Florianópolis, Chapecó e Criciúma.

Dia 21, 22, 23 e 24 de Junho de 2018, 20h (quinta-feira, sexta-feira, sábado e domingo)

Cine Delivery: Daens – Um Grito de Justiça

Direção: Stijn Coninx

Gênero: Drama/Biografia

País: Bélgica/Holanda/França

Ano: 1993

Duração: 138 minutos

Classificação Indicativa:

Na cidade de Aalst, norte da Bélgica, um grupo de trabalhadores vive em condições miseráveis, vítimas da exploração da indústria de tecidos onde estão empregados. A situação começa a mudar quando um padre revolucionário é transferido para a cidade e assume a igreja local.

Dia 28, 29, 30 de Junho e 01 de Julho de 2018, 20h (quinta-feira, sexta-feira, sábado e domingo)

Homenagem: Aos Hespanhois Conphinantes

Direção: Angelo Clemente Sganzerla

Gênero: Drama

País: Brasil

Ano: 2008

Duração: 85 minutos

Classificação Indicativa:

Em 1929, no atual território de Santa Catarina, uma região com uma fraca presença do Estado, e cada vez mais ameaçada pela presença argentina, corre o risco de ficar sob o domínio argentino. O governo brasileiro manda uma expedição para definir a fronteira do país naquela região.

 

COMPARTILHAR