Projeto ‘A Comunicação é Social’ será apresentado em congresso nacional

O projeto de extensão intitulado ‘A comunicação é Social’ será apresentado no 17º Encontro Nacional de Professores de Jornalismo, entre os dias 18 e 20 de abril, em Palmas, Tocantins. Desenvolvido na universidade há cerca de oito anos, o projeto integra as turmas de 1º à 8º semestre de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da Unisul de Tubarão, englobando, desde 2017, os eixos transversais previstos pelo Ministério da Educação (MEC). “Antes era um projeto integrado que aproximava as turmas de todas as fases de Comunicação Social, mas desde o ano passado foram inclusos os quatro eixos transversais do MEC: educação ambiental, questões étnico raciais, direitos humanos e empreendedorismo”, explica o coordenador dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda, Mario Abel Bressan.

A juventude precisa de estímulos inovadores como estes. Com a proposta, as turmas desenvolvem trabalhos de comunicação que abordem ao menos um dos quatro eixos. E, sob a orientação de professores do curso, os alunos decidem o formato do trabalho. Desde que não fuja às regras do MEC há bastante espaço para explorar: já foram feitos documentários, campanhas de arrecadação, portais de notícia e canais no YouTube.

A estudante do sétimo semestre de Jornalismo, Isabella de Brida, conta que participar do projeto tem sido um aprendizado crescente: “No ano passado, a nossa sala criou um canal no YouTube aonde abordamos e pesquisamos diversas questões sociais. Foi incrível trabalhar Jornalismo numa plataforma tão atual, isso alterou minha perspectiva da profissão”, declara. Entre os temas abordados pela turma de Isabella, estava a discriminação racial no cinema, a acolhida aos imigrantes em Tubarão e a preservação da cultura indígena dentro de Santa Catarina.

Mário destaca que são poucas as universidades que desenvolvem um projeto como esse. Este movimento de extensão tem reforçado o compromisso da Unisul com a comunidade e a coloca entre as melhores universidades de Santa Catarina e do Brasil, de acordo com o próprio MEC. “Levar esse projeto de extensão ao congresso nacional vai, além de legitimar sua qualidade, também trazer visibilidade ao curso e à universidade”, conclui o coordenador Mario.

O 17º Encontro Nacional de Professores de Jornalismo (17º ENPJ), que ocorre a cada dois anos, é promovido pela Associação Brasileira de Ensino do Jornalismo (Abej), antigo Fórum Nacional de Professores de Jornalismo (FNPJ). O tema deste ano será “O ensino do jornalismo em tempos de crise: entre diretrizes curriculares, plataformas convergentes e os desafios do interesse público”, e reunirá professores, estudantes e jornalistas com objetivo de debater os rumos do ensino do jornalismo no Brasil.

COMPARTILHAR