DCE reúne lideranças em trilha que fortalece o equilíbrio mental e físico

Neste sábado, 21/4, cerca de 60 lideranças estudantis participaram do ‘V Encontro de Lideranças’ na Trilha do Rio do Boi, local com natureza intocada no Canyon Itaimbezinho, no Parque Nacional Aparados da Serra, município de Praia Grande.

O percurso de ida e volta foi de pouco mais que 14km. Trajeto que permitiu reflexões acerca da vida e suas dificuldades. A trilha não foi fácil. A maior parte da caminhada foi feita nas pedras que margeiam o rio e cobrem seu leito, o que simboliza as pedras que o líder encontra por todo o trajeto da liderança. E aqui, a resiliência apreendida faz com que se alcance com sucesso o fim do trajeto. Igor Mazzuco, estudante do 7º semestre de Engenharia Elétrica, destaca ter pensado que não iria conseguir. “Foi um passeio muito interessante. Valeu a pena. O incrível foi perceber que somos mais fortes do que pensamos”, completa Igor. O estudante do 6º semestre de Administração, Vitor Biz Fávaro, relata que a trilha foi uma experiência inesquecível, principalmente pela parceria entre as pessoas, mesmo que a maioria se desconhecia até então. “O que eu levo dessa trilha é que as pessoas precisam prestar mais atenção umas nas outras, e serem companheiras. Fiz várias amizades”, relata Vitor.

Este foi um dos encontros mais inovadores realizados na Unisul, completa a presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE-Tubarão), Luzimary Della Justina Stange, “a trilha tirou os acadêmicos da sala de aula para um dia inteiro sem tecnologia. Sem internet tiveram que conversar face a face e admirar a natureza, além de tomar cuidado a cada passo ficou evidente para eles que existe um mundo lá fora para ser descoberto”, destaca Luzimary. Além deste contato direto com a natureza intocada da Trilha do Rio do Boi, os líderes precisaram superar o lado físico e psicológico, precisando às vezes se concentrar em si e outras vezes no outro. ”O aprendizado que fica é a palavra equilíbrio, mental e físico. Eles voltaram renovados dessa trilha, tanto que pediram outro encontro neste estilo”, conclui Luzimary.

COMPARTILHAR