Jornalista Rafael Matos, mediador do 1º Debate Político-Municipal do DCE Unisul
Jornalista Rafael Matos, mediador do 1º Debate Político-Municipal do DCE Unisul

O 1º Debate Político-Municipal do DCE Unisul aconteceu na noite desta terça-feira, 13/9, no Espaço Integrado de Artes da Unisul Campus Tubarão, Bolha. A presidente do Diretório Central dos Estudantes DCE, Érica Duarte Titon, com o apoio dos cursos de Direito, Agronomia, História, Medicina, Comunicação e Relações Internacionais, formou a comissão que organizou o Debate, cujo tema foi: ‘Construindo o Futuro de Tubarão junto a Universidade’.

Estiveram presentes para responder os questionamentos dos estudantes os candidatos: Edi Carlos de Almeida (Edi da Farmácia); João Olávio Falchetti e Joares Carlos Ponticelli.

O professor da Unisul, e jornalista, Rafael Matos, foi o mediador do 1º Debate Político-Municipal do DCE Unisul.

“É diferente do que é feito na Unisul TV, lá não tem plateia; é o ambiente da televisão, sem barulho, em estúdio. Na televisão não se sabe quem está do outro lado, podem estar toda a audiência, como pode não ter ninguém assistindo. Organizar um debate com essa temática ‘Construindo o Futuro de Tubarão junto a Universidade’ em meio ao público alvo é permitir que esse público possa ouvir e ser ouvido” ressalta Rafael.

O debate foi dividido em blocos: no primeiro bloco aconteceu a apresentação dos candidatos, cada um dos candidatos presentes teve um tempo para expor as ideias que mais identificavam o projeto político da campanha. O segundo bloco foi disponibilizado para perguntas entre os candidato. No terceiro bloco foram sorteadas as perguntas colhidas pelo DCE durante as semanas, até a noite do evento, e o quarto bloco foi permitido que cada candidato presente fizesse considerações finais.

Durante o ano o DCE promove eventos/debates apartidários e encontros de lideranças com a proposta de trazer o acadêmico para o lado político do convívio social. O objetivo do 1º Debate Político-Municipal é aproximar o acadêmico, mostrar o quanto a política influencia dentro da universidade e de que forma a participação dele (a) influenciará a construção do meio acadêmico. “O DCE há três anos traz ideias apartidárias. O foco do projeto DCE é em prol da defesa dos alunos, e por isso o dever de trazer tal conhecimento. É importante que eles entendam a política dentro do município, do estado e do pais; e que sejam formados como profissionais que conhecem o funcionamento da sociedade como um todo,” enfatiza a presidente do DCE.

O advogado e membro do Conselho da OAB de Tubarão, Breno Agioletti Licio, esteve no evento para representar a parceria feita entre a OAB e a Unisul. “A universidade é a formadora das mentes de nosso futuro. Aqui os políticos têm o privilégio de falar para a pequena parcela da sociedade que gerenciará o futuro através da profissão escolhida; médicos, advogados, engenheiros, jornalistas, etc.; por isso, o debate é a melhor forma de obter dos candidatos as ideias. E, nada melhor do que um confronto direto entre eles para dirimir essas dúvidas em relação às propostas”, exclama Breno.

“Discutir hoje e só lembrar de quem subiu nas cadeiras daqui a quatro anos, não terá efeito nenhum. Penso que tudo precisa de um acompanhamento e deixo a sugestão de futuros eventos com quem se eleger”, conclui o jornalista e professor da Unisul, Rafael Matos.

Texto: Reginaldo Osnildo

COMPARTILHAR