Dezembro Laranja: ação atenta para o câncer de pele

O câncer de pele corresponde a 33% dos diagnósticos no Brasil sendo que Santa Catarina apresenta o maior número de casos e refere-se a cerca de 12% da população que procura o dermatologista para averiguar os sinais da sua pele. Para conscientizar a população acerca das causas, sintomas e tratamento, os professores e acadêmicos dos curso de Medicina da Unisul participam no dia 07/12, do Dezembro Laranja, das 9 horas às 15 horas, na Policlínica Municipal de Palhoça.

Os casos suspeitos devem comparecer! Para ser atendido o paciente não necessita de encaminhamento pois o atendimento será por livre demanda, sem necessidade de qualquer agendamento prévio. Contudo, serão distribuídas 250 senhas para atendimento a partir das 9 horas.

Essa ação que faz parte da campanha contra o câncer de pele, é realizada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) em parceria com os cursos da Unisul e médicos dermatologistas, com o apoio da Prefeitura Municipal de Palhoça.

Por que Santa Catarina lidera entre os estados com maior incidência do câncer de pele?

Por ano, o Instituto Nacional do Câncer (INCA) registra cerca de 180 mil novos casos. O câncer de pele é o tipo que mais mata em Santa Catarina e perde somente para as doenças cardiovasculares. A incidência entre os catarinenses resulta de uma soma de fatores de risco como a pele mais clara devido a descendência europeia, maior tempo de exposição solar por causa do litoral e por fim, devido a região estar em uma área mais fina da camada de ozônio, ou seja, os raios solares entram com maior intensidade.

A Unisul mobilizada contra o câncer de pele

No dia 07, os pacientes serão avaliados e encaminhados ao serviço de referência de acordo com a necessidade e ainda receberão os procedimentos diagnósticos e terapêuticos. A Campanha é exclusiva aos pacientes com suspeita de câncer de pele, ou seja, qualquer pessoa com lesões, manchas ou sinais suspeitos.

Como foi a edição do Dezembro Laranja em 2018?

Ano passado, durante o Dezembro Laranja 240 pacientes receberam atendimento e no mesmo dia, foram 53 procedimentos como criocirurgias, pequenas cirurgias e biópsia de pele, além de 40 agendamentos para procedimentos de pele, incluindo os encaminhamentos a outros serviços de referência (quando necessário) de acordo com as orientações gerais. Desses atendimentos, foram diagnosticados 38 casos de câncer de pele, inclusive cinco melanomas, caracterizados como o tipo de câncer de pele mais grave devido grande potencial de metástase.

Leia também: Dezembro Laranja: prevenção do câncer da pele em evidência

COMPARTILHAR