Aula Magna de Direito da Unisul trouxe o tema Teoria dos Jogos

A Aula Magna do Curso de Direito com o tema Processo Civil utilizando-se da Teoria dos Jogos[1] foi ministrada pelo Professor Doutor Alexandre Morais da Rosa, no dia 11/10, no Salão Nobre da Unisul Campus Tubarão. O evento foi aberto para alunos, professores e comunidade externa.

Alexandre Morais da Rosa, dinamizou a palestra ‘Para compreender o processo pela Teoria dos Jogos’ através da encenação possível pela interação interpessoal. Com linguagem simples e exemplificações abordou o jogo, segundo ele, cuja regra está no detalhe. De acordo com o palestrante, é imprescindível saber o que o outro quer ouvir, só assim pode-se jogar com as relações humanas, e no Direito não é diferente.

“Conheço o professor Alexandre desde o início de 2000, ele sempre foi um pensador do direito, os estudos dele fazem com que o profissional reflita e saia da mesmice. A visão trazida pelo palestrante permite um outro modo de ver o direito, o que é importante na hora de atuar, mas principalmente para o público acadêmico”, ressalta o Assessor Jurídico da Unisul, Lester Marcantonio Camargo[2].

Alexandre Morais da Rosa é Doutor em Direito, com estágio de pós doutoramento em Direito pela Faculdade de Direito de Coimbra e Universidade do Vale do Rio dos Sinos; professor adjunto do Processo Penal e do Programa de Pós-Graduação em Direito – Universidade Federal de Santa Catarina, professor da Universidade do Vale do Itajaí, Juiz de direito (SC), Pesquisa Judiciário, Processo e Decisão, com perspectiva transdisciplinar, e Coordenador do Grupo de Pesquisa Judiciário do Futuro (CNPQ).

A Teoria dos Jogos e o Perfil do Profissional

O acadêmico formado em Direito pela Unisul deverá ler, compreender e elaborar textos, atos e documentos jurídicos ou normativos, com a devida utilização das normas técnico-jurídicas; interpretar e aplicar os conhecimentos do Direito; pesquisar e utilizar a legislação, a jurisprudência, a doutrina e outras fontes do Direito; adequar a atuação técnico-jurídica, em diferentes instâncias, administrativas ou judiciais, com a devida utilização de processos, atos e procedimentos; utilizar corretamente a terminologia jurídica ou da Ciência do Direito; utilizar o raciocínio jurídico, de argumentação, de persuasão e de reflexão crítica; julgar e tomar decisões; dominar as tecnologias e métodos para permanente compreensão e aplicação do Direito; dominar a prática forense; utilizar uma postura empreendedora e inovadora e pensar e agir política, científica e moralmente. Diante disto, compreender a lógica das interações humanas é mais do que necessário para desempenhar todas as outras competências e habilidades, o que faz da Teoria dos Jogos fundamental.

Parceria entre Empresa Modelo – EM e Núcleo de Práticas Jurídicas – NPJ acontece antes da Aula Magna

Para compor a mesa de honra foram convidados o Assessor Jurídico da Unisul, Lester Marcantonio Camargo; Juiz de Direito e Diretor-Geral da Escola Superior de Magistratura do Estado de Santa Catarina, Cláudio Eduardo Regis de Figueiredo e Silva; Coordenador do Curso de Direito, Mauricio Daniel Moncons Zanotelli; Supervisor do Núcleo de Prática Jurídica, José Paulo Bittencourt Júnior; Gestor da Consultoria Júnior da Unisul e Empresa Modelo, Claudio Alvin Zanini Pinter; e o Coordenador dos Cursos de Administração e Processos Gerenciais, Marcelo Miguel da Silva.

Antes da palestra foi assinado um convênio de parceria entre os Cursos de Administração e Processos Gerenciais, através da Empresa Modelo – EM, e o Curso de Direito, com o Núcleo de Práticas Jurídicas – NPJ. Na prática os cursos trabalham em conjunto há alguns anos, mas o firmamento da proposta através da documentação permite que juntos façam a prestação de serviços. “A ideia é fortalecer as coordenações e as instituições que estão agregadas à elas. Dentro desta nova etapa, ambas trabalharão o conhecimento, trocarão experiências e informações em um processo integral e coletivo,” destaca o Coordenador dos Cursos de Administração e Processos Gerenciais, Marcelo Miguel da Silva.

Na Empresa Modelo há áreas estratégicas: gestão de finanças, marketing de projetos, logística, gestão de pessoas, e outros. Com o advento de empresas externas que necessitam da Empresa Modelo, o Núcleo de Práticas Jurídicas formatará um contrato respeitando os aspectos legais, e isso possibilitará a prática na área de gestão. “Esta união é de grande relevância para ambos os cursos, pois, vai de encontro às políticas institucionais de universidade comunitária, e com isso, acredita-se atender de forma mais eficaz as demandas da comunidade”, afirma o Gestor da Consultoria Júnior da Unisul e Empresa Modelo, Claudio Alvin Zanini Pinter.

A assinatura do protocolo possibilita a atuação dos alunos de direito por intermédio do NPJ na Assessoria Jurídica da Empresa Modelo, esse convênio de extensão coloca o aluno na atividade prática, isso vai de encontro ao ensino de qualidade, missão da Unisul. “Tenho convicção de que o aluno que tem o contato prático fica melhor preparado”, aponta o Coordenador do Curso de Direito, Mauricio Daniel Moncons Zanotelli.

[1] Teoria dos Jogos (Também conhecida como a Ciência da Estratégia) potencializa o pensamento estratégico e possibilita antecipar como os outros vão responder ao questionamento feito. Em outras palavras, a Teoria dos Jogos é um estudo sobre as tomadas de decisões estratégicas e a lógica das interações humanas.
[2] Vice-Reitor eleito, Lester Marcantonio Camargo. Lester é advogado; com graduação em Ciências Jurídicas e Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Especialista em Gestão Estratégica de Instituições de Ensino Superior pela Fundação Dom Cabral; e Mestrado em Direito Constitucional pela Universidade do Sul de Santa Catarina.

Texto: Reginaldo Osnildo

COMPARTILHAR