Egressa desenvolve nanopartículas para aplicação como antichamas

Formada em Química pela Unisul e mestre em Educação pela instituição, a doutora Francielen Kuball Silva finalizou sua pesquisa sobre a produção de nanopartículas de hidróxido de alumínio a partir de resíduo de anodização de alumínio para utilização como agente antichama em materiais poliméricos. O processo, realizado em laboratório, obteve bons resultados.

Além de ser um estudo inovador na área, a utilização desse material também é benéfica para o meio ambiente, pois utiliza um resíduo que deveria ser depositado em um local adequado. “O produto utilizado contém alta carga de alumínio e poderia prejudicar o meio ambiente. Com isso retiramos um material que seria depositado no aterro sanitário e convertemos em um produto com valor agregado”, comenta.

A expectativa, após a aprovação da banca do doutorado, é que Francielen qualifique os parâmetros do produto. “Durante a qualificação da pesquisa, a banca já me indicou parâmetros visando a melhorar do processo. Esses ajustes seriam no intuito de tentar diminuir os custos para uma possível produção em escala industrial”, relata.

Paixão também pela docência e pela pesquisa

Em 2007, Francielen teve seu primeiro contato como professora. Após passar por outras experiências, ela voltou a lecionar em 2018. Hoje, Francielen também faz parte do corpo docente do curso de Química da Unisul. Ela conta que a paixão pelo ensino começou ainda na graduação. “Durante a graduação em química tive a oportunidade de realizar pesquisa, estágio e monitoria. Estas atividades foram essenciais para o desenvolvimento de diversas habilidades, sobretudo na docência, pois na monitoria sempre temos que nos preparar para auxiliar os outros estudantes. Foram essas oportunidades que sustentaram essa minha vontade de ser a profissional que eu sou hoje”, enaltece.

COMPARTILHAR