Egresso transforma paixão pelo ensino em empresa de sucesso

Ramires da Silva Fernandes, formado em Jornalismo pela Unisul, não só experimentou a missão de ensinar como se apaixonou pela carreira docente. E investiu a sua metodologia e conhecimento na criação de uma escola de idioma na Incubadora CRIE. “Foi com o foco empresarial, ensejado pelos técnicos da CRIE, que implementei a empresa com a razão social de English World”, lembra Ramires.

Ao sair da universidade, ele apostou em sua profissão de jornalista, trabalhando como fotógrafo de um jornal de Tubarão. Porém, a sua paixão pelo ensino suscitou-se quando procurou alternativa para incrementar a renda. “Hoje eu me vejo como um empresário empreendedor”, analisa Ramires da Silva Fernandes.

Inglês nas empresas

A English World nasceu como uma escola focada em conversação, mas, com o passar do tempo, Ramires precisou se ajustar à demanda do mercado, passando a atender também os alunos iniciantes. Até que encontrou um outro nicho, que é o diferencial da escola: aulas de inglês para empresas.

Os professores da English World vão até a empresa, em um horário diferenciado, e ministram aulas para os funcionários. Com isso, os colaboradores não precisam se deslocar do trabalho. A iniciativa vem sendo aprovada pelos funcionários e empresários, já que todos saem ganhando com o crescimento dos profissionais.

Ser empreendedor

Para Ramires, Tubarão tem público e pessoas capacitadas para que muita coisa ainda seja criada. “Ser um empresário na região é desafiador. Precisamos ter um diferencial para poder ganhar o mercado. Como nós da English World somos uma escola de idioma, que não faz parte de nenhuma franquia, temos liberdade de criação de material e negociação de valores”, esclarece.

A atuação da Incubadora CRIE na English World foi essencial, segundo Ramires. “Na época, o pessoal da Incubadora percebeu que o projeto da escola era diferenciado. Com a mentoria aprendi a delegar mais as funções, a cuidar da parte financeira e também a me portar no mundo dos negócios, já que quando comecei eu era muito novo, tinha apenas 22 anos”, relembra.

COMPARTILHAR