Evento debate questões étnico-raciais e comunicação

Como atividade do Projeto de Extensão “A Comunicação é Social” os acadêmicos do 7º semestre do curso de Jornalismo da Unisul, em Tubarão, estão organizando uma roda de conversa sobre questões étnico-raciais e comunicação com o tema “A diversidade que há em nós”. O encontro acontece na próxima quinta-feira (30), às 19h30min, no auditório do Cettal.

“A forma como a comunicação, especialmente o jornalismo, lida com as questões étnicas e raciais tem influência tanto na produção dos conteúdos, tanto na área profissional como na sociedade, ao fazer circular informações sobre o tema. Consideramos oportuno abrir esse debate para a comunidade, como uma forma de incentivarmos conversas necessárias para a construção de uma sociedade mais saudável, em que o diálogo não seja interditado por pré-conceitos”, destaca a professora e orientadora da turma, Marcionize Bavaresco.

A conversa conta com a presença de Edsoul, repórter e apresentador da NSC TV, Jorge Ijuim, professor vinculado à UFSC, que tem entre os seus temas de pesquisa Jornalismo e Direitos Humanos, Aleida Cardoso Corrêa, coordenadora de Políticas de Promoção da Igualdade Racial de Tubarão e Maurício da Silva, presidente da Fundação de Educação de Tubarão. A professora Marcionize reforça que a extensão é uma oportunidade de interação entre a Universidade e a comunidade.

A comunicação é social

O Projeto A Comunicação é Social tem como objetivo a transversalidade de ações que articulam o processo de ensino com extensão através de práticas formativas e transformadoras, realizadas por professores e estudantes do Curso de Jornalismo e Publicidade e Propaganda da Unisul de Tubarão. “Cada turma trabalha suas atividades com um tema direcionado e orientado pela coordenação do curso. Como resultados, além da vivência proporcionada ao estudante com o ensino, pesquisa e extensão universitária, assuntos como preconceito, homofobia, vulnerabilidade social, poluição ambiental, guerra, racismo, imigração e outras questões são abordadas e discutidas dentro e fora da sala de aula”, explica o coordenador do curso, Mauro Fuccilini.

O evento

Bárbara Girardi, uma das organizadoras do evento, esclarece que o objetivo principal é conscientizar a população sobre a questão da desigualdade racial. “A roda de conversa é o melhor jeito de abordar o tema, pois, conta com pessoas especializadas no assunto, todas em seu devido lugar de fala, para debater e garantir que o público tenha um grande aprendizado”.

O debate sobre “Questões étnico-raciais e Comunicação: a diversidade que há em nós” tem entrada gratuita e os interessados em participar devem se inscrever no site até o dia 29 de maio, pois as vagas são limitadas.

O que: Roda de conversa sobre “Questões étnico-raciais e Comunicação: a diversidade que há em nós”;

Quando: 30 de maio, quinta-feira, às 19h30min;

Onde: Unisul Tubarão – Auditório do Cettal no bloco G;

Como participar: inscreva-se gratuitamente aqui

COMPARTILHAR