2º Congresso Internacional Revitalizando Culturas e 15ª Semana Cultural Indígena

23/05/2018 O evento acontece nos dias 23, 24 e 25/5/2018.

Unidade Universitária Pedra Branca, Bloco C, Auditório | Centro de Formação Tataendy Rupá, Aldeia Itaty do Morro dos Cavalos, Palhoça

Inscrições

Podem inscrever-se para apresentação de trabalhos alunos e docentes dos cursos de Pós-graduação, como indígenas que queiram compartilhar vivências e testemunhos, sem necessidade de indicar qual forma de escolha para apresentação.

Podem inscrever-se como ouvintes graduandos de todos os cursos, trabalhadores da área cultural, profissionais liberais, professores de ensino fundamental e médio, estudantes e docentes de graduação.

As inscrições para autores são gratuitas e permanecem abertas até 22/5.

Inscreva-se no site do Congresso

Apresentação

O 2º Congresso Internacional Revitalizando Culturas e 15ª Semana Cultural Indígena na Unisul acontece em 2018 para dar continuidade à comemoração ao 10º aniversário da Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos dos Povos Indígenas.

O tema geral do congresso este ano é “Direitos Indígenas: Direitos Humanos?”.

Com o apoio dos cursos de Mestrado em Administração e Educação, Mestrado e Doutorado em Ciências da Saúde e em Ciências da Linguagem, junto às lideranças indígenas, o evento vai avaliar e revitalizar a atual situação dos povos originários no Brasil e diversos países do mundo quanto às conquistas e desafios no exercício do reconhecimento dos seus direitos na última década.

A Unisul conta com a Capes para ampliar as trocas culturais internacionais com vizinhos latino-americanos, africanos, europeus e com o Oriente pela Aligarh Muslim University (AMU), da Índia e Jawaharlal Nehru University (GNU).

Programação

23/5 (quarta-feira)

9h | Abertura

9h30min | Palestra e Debate
Experiências Exitosas e Desafios na Ásia, SC e Brasil, do Artigo 27 da DUDH (Direitos Culturais)

Luís Fernando Sarango Macas (Equador) (a confirmar)
Maria Dorothea Post Darella (Brasil)
Murad Ahamad Khan (Índia)
NambláGakram (Laklãno/Xokleng)
Rildo Mendes (APIB-Brasil)

12h30min | Almoço e Intervalo
Pinturas corporais de docentes indígenas de arteterapia:
Com Rayanna Ferreira Gomes e Juçara de Souza

Oficinas e GTs – Direitos Indígenas: Direitos Humanos?
Apresentação de trabalhos acadêmicos selecionados.

Das 14h30min às 18h

GT 1: Êxitos e desafios na área de etnoeducação
Mediadores: representante indígena e mestre/doutor

GT 2: Êxitos e desafios na área etnojurídica
Mediadores: representante indígena e mestre/doutor

GT 3: Êxitos e desafios na área de etnocomunicação
Mediadores: representante indígena e mestre/doutor

GT 4: Êxitos e desafios no âmbito da saúde
Mediadores: representante indígena e mestre/doutor.

19h15min | Palestra e debate
Experiências Exitosas e Desafios na África, América Latina e Europa do Artigo 27 da DUDH (Direitos Culturais).
Luís Eduardo Maldonado Ruiz (Peru) (a confirmar)
Maria Paula Meneses (Moçambique)
Tiago Miguel Knob (Coimbra/CES)

24/5 (quinta-feira)

9h | Palestra e Debate
Exercício do Direito de estabelecer e controlar seu sistema educacional e educação em seu próprio idioma, frente ao que dispõe o sistema de ensino estatal – LDB Artigo 14 da DNUDPI.
Alexandre Botelho
Eunice Antunes KerexuYxapyry
Pedro António dos Santos (Guiné-Bissau)

12h30min | Almoço e Intervalo
Pinturas corporais de docentes indígenas de arteterapia:
Com Rayanna Ferreira Gomes e Juçara de Souza

Oficinas e GTs – Direitos Indígenas: Direitos Humanos?
Apresentação de trabalhos acadêmicos selecionados.

Das 14h30min às 18h

GT 1: Êxitos e desafios na área de etnoeducação.
Mediadores: representante indígena e mestre/doutor

GT 2: Êxitos e desafios na área etnojurídica.
Mediadores: representante indígena e mestre/doutor.

GT 3: Êxitos e desafios na área de etnocomunicação.
Mediadores: representante indígena e mestre/doutor.

GT 4: Êxitos e desafios no âmbito da saúde.
Mediadores: representante indígena e mestre/doutor.

19h15min | Palestra e Debate
Experiências Exitosas do Artigo 16 da Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos dos Povos Indígenas e Desafios para a Etnocomunicação Mundial.
Ana Carolina Cernicchiaro
Rajiv Saxena (Índia)
Wasa’i Mawe (Amazonas)

25/5 (sexta-feira)

Experiências Exitosas e Desafios no Exercício dos Direitos Indígenas à Saúde Integral Previstos na Declaração da ONU.

Viagem ao Centro Cultural Tataendy Rupá:
Aldeia Itaty – Morro dos Cavalos, Palhoça (SC).
Visitação Escola e Aldeia Itaty (9h)
Apresentação Cultural de Abertura: Rituais
Corais Indígenas, Estética Originária Oceo-afro-asiática e euro-ameríndia. Ritual da fogueira, Petynguá (cachimbo sagrado), cantos sagrados e rezos.
Experiência estética originária: pinturas corporais, esculturas artesanais, humor e esporte. Responsáveis Indígenas: Marcelo Gonçalves e Eliezer Werá.

12h | Almoço coletivo com gastronomia tradicional e intercultural

13h | Palestra em Roda de Conversa
Moderadora: Eunice Antunes, KerexuYxapyry
Xeramõi Alcindo Moreira (107 anos)
Karaí Dário Tupã Morreira
Karaí Geraldo Okenda

Direito ao Exercício da Medicina Originária: Artigo 24 da Declaração das Nações Unidas sobre os Direitos dos Povos Indígenas

Derick Rezende
Diogo Teixeira (a confirmar)
Esther Jean Langdon
Luciane Ouriques Ferreira
Marcela Flueti
Marcelo França
Silvia Cardoso Bittencourt

19h | Encerramento com vivência cultural
Corais indígenas.
Estética originária oceo-afro-asiática e euro-ameríndia.

Contato

Fone: (48) 3279 1114

Organização:
Jaci Rocha Gonçalves, professor da Unisul
COMPARTILHAR