Inovação: ExpoMais evidencia as potencialidades do sul catarinense

Nestes dias 25 e 26 de outubro, acontece na Associação Empresarial de Criciúma (Acic), o 2ª Encontro Sul-Brasileiro de Marketing, Administração, Inovação e Sinergia (ExpoMais). O evento, fruto de uma cocriação entre Unisul, Acic, CDL de Criciúma, Esucri, IFSC-Criciúma, Satc, Sebrae, Senac, Senai, Unesc, Unibave e UFSC-Araranguá, traz atividades, debates e palestras, compartilhando informações sobre a crise, tendências de comportamento da economia brasileira e estratégias de inovação e empreendedorismo neste cenário.

Na palestra de abertura, o profissional de marketing, blogueiro, fundador da Academia Neuromarketing, consultor de tecnologia, comunicação e negócios, Fernando Kimura, falou sobre a memória que as marcas têm, e como elas constroem conexões, muitas vezes construindo valores inexistentes no consciente individual e coletivo. Ao ser perguntado como as universidades poderiam aprender com esta construção das marcas de consumo, Fernando ressalta: “muitas universidades, têm além de ótimo ensino, uma marca forte, e por trás disso há diferentes estratégias. Algumas focam no esporte, outras por determinada certificação, mas quando estive em Stanford percebi que a universidade tem uma loja com todos os itens disponíveis: roupas, decoração para casa, tudo com a marca Stanford. Vejo que as universidades brasileiras são um pouco tímidas neste sentido”, ressalta Kimura.

[su_slider source=”media: 25563,25562,25561,25560,25559,25558,25557,25550,25551,25552,25553,25554,25555,25556,25549,25548,25547,25546,25545,25544,25543,25537,25538,25539,25540,25541,25542″ limit=”100″ width=”700″ height=”460″ title=”no” centered=”no” arrows=”no” mousewheel=”no”]

Nesta quarta-feira, 25/10, os facilitadores Vinícius Schambeck (Rede Ciclo Center) e Ézio Oliveira Junior (GAM Distribuidora) trouxeram a Inteligência de Mercado para o diálogo. Ambos afirmaram que a inteligência de mercado transforma dados brutos (sobre mercados, concorrentes e comportamento de consumo, por exemplo) em informação relevante para o crescimento da empresa. Ézio apresentou o case da GAM, demonstrando como a empresa utiliza informações para aprimorar as ações assertivas. “Em um cenário altamente competitivo é preciso encontrar formas de competir que fujam do ‘precinho e prazão’. É preciso fazer mais com menos, é preciso inovar. Neste sentido, precisamos implantar processos de inteligência de mercado dentro da empresa”, reforça o empresário.

O evento encerra neste dia 26/10, confira a programação:

[su_document url=”http://expomais.com/downloads/programacao-pdf-2017.pdf” width=”700″ height=”500″]

COMPARTILHAR