A extensão do Campus Tubarão na SBPC: presença e impacto

A Unisul sediou entre os dias 5 a 8 de outubro, no Campus Pedra Branca, Palhoça, a Reunião Regional da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência – SBPC. A programação incluiu conferências, minicursos, apresentação de pôsteres e oficinas. O Campus Tubarão participou em todas as atividades, mas pode-se destacar os projetos de extensão que através de oficinas interagiram com o público participante.

As exposições de caráter interativo e participativo levaram os extensionistas – professores, alunos e representantes do público alvo dos projetos – a apresentar os trabalhos por meio de jogos, vídeos, games, materiais educativos, vivências e atividades práticas de interação.

Extensões presentes na Reunião Regional da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência:

Monitoramento da Pesca Artesanal

Educação Ambiental e Brinquedoteca

Grupep Arqueologia

Projeto Inclusão Digital

Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares – ITCP

Acolhida ao Migrante

Cia do Teatro Unisul

Colégio Dehon – Ciência em Ação.

O evento teve visitação de diferentes públicos, em especial alunos de escolas da região, grupos comunitários, famílias e acadêmicos de outras instituições de ensino. Dentro deste universo, marcaram presença mais de oitenta integrantes da comunidade acadêmica do Campus Tubarão.

Extensão: Inclusão Digital

O Projeto Inclusão Digital participou com a Oficina Computação em Nuvem e atendeu crianças, jovens e adultos. Os participantes demonstraram interesse e curiosidade em aprender como interagir com o mundo digital, principalmente com os recursos da nuvem. A oficina demonstrou o uso de aplicativos como GoogleDrive e Dropbox, o armazenamento de dados na internet e as facilidades de poder acessá-los de qualquer outro dispositivo conectado à rede mundial de computadores.

Extensão: Arte Rupestre Brasileira e Arqueólogo por um dia

O Grupep Arqueologia realizou a Oficina de Arte Rupestre Brasileira e o Arqueólogo por um dia. Ambas as atividades despertaram nos visitantes a curiosidade, espanto e valorização da produção indígena pré-colonial, e vestígios. A Oficina de Arte Rupestre interagiu teoria e prática com crianças e jovens, o que possibilitou a confecção de tintas através de estratos[1] vegetais, facilmente reproduzidos em casa e no ambiente escolar. A exposição de artefatos arqueológicos pré-coloniais mostrou a cultura material dos variados grupos que ocuparam Santa Catarina no período.

Extensão: Educação Financeira para Jovens

A Oficina de Educação Financeira para Jovens, que contempla os projetos de Educação Financeira para Empresários e Educação Financeira para Professores da Rede Pública Estadual, socializou conhecimentos com os estudantes do Ensino Fundamental, Ensino Médio e familiares que marcaram presença no evento. A oficina contou com jogos interativos e, de maneira lúdica, desafiou os presentes a testar os próprios conhecimentos a respeito de Educação Financeira. Os que se destacaram nos jogos foram premiados com livros, folders, sementes de árvores nativas e outros brindes patrocinados pelas entidades parceiras. “O SBPC, oportunizou parcerias com a PrevUnisul, Afubra, Comissão de Valores Mobiliários, Curso de Administração e Processos Gerenciais, Empresa Modelo da UNISUL e o Banco Central do Brasil, e isso contribuiu para o sucesso do evento”, aponta o Gestor da Consultoria Júnior da Unisul e Empresa Modelo, Claudio Alvin Zanini Pinter.

“Todos os visitantes elogiaram as extensões e solicitaram contatos para interagir e aprofundar o conhecimento sobre o trabalho que a Unisul desenvolve com a comunidade”, destaca a professora Maristela Simiano.

O sentido da extensão é reafirmar a identidade da Unisul com a comunidade, integrar-se na cultura local, mesclar-se com as pessoas. Na SBPC não foi diferente. “Destaco o engajamento do extensionista. Ele venceu o cansaço por acreditar na proposta de interação, ouviu quem passou e mostrou que a representação dos projetos não foi uma exposição, foi um diálogo, uma interação. Houve o compromisso para além de fazer a extensão e o interagir aconteceu com quem esteve interessado”, ressalta a Assistente de Extensão da Gerência de Ensino Pesquisa e Extensão – Gepex Campus Sul, Elivete Cecilia De Andrade.

[1] Estrato: tipo de camada.

Texto: Reginaldo Osnildo

COMPARTILHAR