Gastronomia pretende lançar cursos de extensão voltados à comunidade

A professora Ana Paula Ferreira da Silva, nova coordenadora do Curso de Gastronomia, unidade Pedra Branca, defende melhor disseminação dos pratos típicos da Grande Florianópolis, como forma de aliar particularidades da mesa à herança cultural. E já anunciou que abrirá cursos de extensão para as comunidades da região.

Ana Paula e sua equipe estudam o cenário da gastronomia na região, de olho no diferencial do curso ofertado pela Unisul. “Estamos em fase de análise sobre o que de fato a gastronomia na região da Grande Florianópolis tem produzido. E isso significa identificar a vocação do curso, caracterizando o que lhe é próprio e o diferenciando de outros cursos da região”, explica. 

O curso de Gastronomia dispõe de um laboratório para os estudantes elaborarem suas receitas, com infraestrutura necessária à produção de alimentos. “Pretendemos, junto com a congregação de Gastronomia, aplicar a pesquisa e extensão através de cursos para a comunidade em geral, e ofertar disciplinas específicas a estudantes e profissionais.  O FoodLab Unisul como um espaço diferenciado e disponível a experimentações e exercício cientifica”, conta a Professora Ana Paula.

Após assumir a coordenação do Curso, além da criação dos cursos voltados à extensão, o desafio agora é explorar o potencial turístico da gastronomia em Santa Catarina, particularmente da Grande Florianópolis. “A diversidade étnica de Santa Catarina enseja inovação na gastronomia. Mesmo na Grande Florianópolis, há três tradições de peso em qualidade de alimentos: alemã, italiana e açoriana. E isso precisa ser muito bem pesquisado, até porque heranças gastronômicas de valor se perderam ao longo dos anos”, concluiu.

COMPARTILHAR