Centro de Desenvolvimento Sustentável se destaca na Itália

Uma delegação de pesquisadores do Centro de Desenvolvimento Sustentável (Greens) da Unisul levaram os resultados das investigações do Projeto Bridge: construindo resiliência numa economia global dinâmica; complexidade no nexo entre alimentos-água e energia no Brasil, na segunda edição do Symposium on Sustainability in University Campuses (Simpósio Mundial de Sustentabilidade nos Campus das Universidades), na Universidade de Florença (Itália). Os pesquisadores receberam o Best Paper Award, o prêmio de melhor artigo. 

Pesquisas visam desenvolvimento sustentável por universidades

O primeiro artigo apresentado intitulado Students’ Opinion about Green Campus Initiatives: A South American University case study (Opinião dos estudantes sobre as Iniciativas do Campus Verde: um estudo de caso da Universidade da América do Sul), que trata da importância estratégica das Instituições de Ensino Superior para aumentar a conscientização sobre o desenvolvimento sustentável. A iniciativa do Green Campus pretende implementar infraestrutura em campus universitários que tenham impactos ambientais, econômicos e sociais concretos e visíveis. A pesquisa foi elaborada por João Marcelo Pereira Ribeiro, Lenoir Hoeckesfeld, Stephane Louise BocaSanta, Giovanna Guilhen Mazaro Araújo, Ana Valquiria Jonck, Issa Ibrahim Berchin, José Baltazar Salgueirinho Osório de Andrade Guerra.

Já o segundo artigo, University Campuses as Town-Like Institutions: Promoting Sustainable Development in Cities Using the Water-Sensitive Urban Design Approach (Campus universitários como instituições semelhantes a cidades: Promoção do desenvolvimento sustentável nas cidades usando a abordagem do design urbano sensível à água), trata do rápido crescimento populacional e a urbanização da paisagem dos países estão pressionando o meio ambiente natural e construído. Juntamente com a mudança climática, o crescimento populacional e a urbanização estão pressionando a infra-estrutura e a capacidade de transporte das cidades. Esta pesquisa  teve como autores:  Vitor Gantuss Rabêlo, Issa Ibrahim Berchin, Marleny De León, José Humberto Dias de Toledo, Liane Ramos da Silva, José Baltazar Salgueirinho Osório de Andrade Guerra.

 O reconhecimento Best Paper Award

No último dia do Simpósio, os pesquisadores da Unisul receberam o Best Paper Award, prêmio de melhor artigo. O professor João Marcelo Pereira Ribeiro atribui este reconhecimento à qualidade dos trabalhos e pesquisas desenvolvidas no Greens, sob a orientação do professor Baltazar de Andrade Guerra. “A inserção do Greens em redes internacionais de pesquisas e o incentivo do Professor Baltazar em motivar-nos a submetermos os nossos artigos e participarmos em conferências internacionais, nas melhores Universidades do Mundo, torna-nos melhores alunos e faz-nos crescer”.

A presença constante nas conferências internacionais é benéfica por oportunizar que o Greens leve o que de fato desenvolve, ressalta o professor Issa Ibrahim Berchin. “A participação da Unisul e do Greens nas Conferências Internacionais de Desenvolvimento Sustentável nos dá ótimos resultados. Estivemos na Rio+20, no MIT, nas Universidade de Cambridge, Universidade Metropolitana de Manchester, Universidade de Hamburgo, Universidade de Pondicherry (índia), Universidade de Liverpool, Universidade de Perugia (Itália), Universidade de Penang (Malásia), Universidade de Coimbra.  Em todas, fomos orgulhosamente ‘embaixadores’ de Santa Catarina e do Brasil, mostrando as pesquisas e o conhecimento que desenvolvemos na Unisul”.

Comitiva do Greens na Itália

O grupo da Unisul que participou do evento científico Internacional, na Universidade de Florença, foi integrado pelos professores José Baltazar Salgueirinho Osório de Andrade Guerra (Diretor do Greens e Professor permanente dos Mestrados em Administração e Ciências Ambientais da Unisul), Mestre João Marcelo Pereira Ribeiro (Pesquisador do Greens e Mestre em Administração pela Unisul), Professor Issa Ibrahim Berchin (Pesquisador do Greens e Mestre em Administração pela Unisul) e a Mestranda Samara da Silva Neiva (Greens e Programa de Pós-Graduação em Administração da Unisul).

Centro de Desenvolvimento Sustentável (Greens) da Unisul

O projeto recebe fomento da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Fundo Newton e Research Councils United Kingdom (RCUK) e reúne as universidades de Cambridge e Unisul.

O Greens conta com mais de 30 pesquisadores do Brasil, Reino Unido e EUA, nas seguintes linhas de pesquisa são: Os nexos entre água-alimentos e energia no contexto das estratégias de mitigação das mudanças climáticas desenvolvimento Sustentável, educação ambiental e Green campus, cidades sustentáveis, Justiça Ambiental e Refugiados Ambientais, Empoderamento das Meninas e Mulheres e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.