Grupep-Arqueologia desenvolve projeto “Arqueologia no Parque”

Coordenado pela arqueóloga Deisi Scuderlick Eloy de Farias, o grupo Grupep-Arqueologia (Grupo de Pesquisa em Educação Patrimonial e Arqueologia) efetuou o projeto Arqueologia no Parque, realizado no sambaqui localizado em Capivari de Baixo. O projeto será inaugurado na próxima quinta-feira (9), pela Associação Jorge Lacerda (AJL), entidade na qual é formada por cinco instituições para administrar o Parque Ambiental Encantos do Sul.

Os trabalhos resultaram na musealização de um sambaqui localizado dentro do Parque Ambiental Encantos do Sul, ou seja, na criação de instrumentos que viabilizassem o conhecimento sobre um determinado ambiente. No caso do “Sambaqui Capivari I” de Capivari de Baixo, a musealização incluiu a construção de um deck e parte da calçada, ambos na área externa do sambaqui.

Conforme destacado pela arqueóloga e historiadora Bruna Cataneo Zamparetti, “o Projeto desenvolveu pesquisas no sambaqui, acompanhou o cercamento do mesmo, acompanhou a construção do passeio público e musealização, desenvolveu ações educativas e elaborou material didático (livreto, folder e banner) sobre o projeto e sobre o sítio arqueológico estudado”.

Pioneiro na região

Este será o primeiro sambaqui musealizado do complexo lagunar do Sul de Santa Catarina. Iniciado em outubro de 2015 e finalizado em junho de 2018, a execução do projeto teve a participação de mais de 20 pesquisadores, funcionários administrativos e estagiários. O projeto custou em torno de R$ 300 mil, através da origem dos recursos proporcionados pela Lei Rouanet, devido a renúncia fiscal da Engie Energia.

Segundo a coordenadora do projeto, Deisi Scuderlick Eloy de Farias, “vale ressaltar que o Parque Encantos do Sul é o primeiro parque do Brasil a preservar e cuidar de um sambaqui, musealizando seu entorno, gerando conhecimento e promovendo a conservação e valorização daquele sítio. A parceria com o Grupep-Arqueologia/Unisul possibilitará a visibilidade do sítio junto à comunidade escolar e em geral”.

Inauguração

A inauguração está aberta ao público, no próximo dia 9. Às 9h30min acontecerá uma solenidade no teatro do Centro de Cultura e Sustentabilidade do Parque Ambiental. Já às 10h30min será feita uma visita de reconhecimento ao sambaqui, com acesso pela Rua Maria da Silva Alves (quase esquina com Rua Coronel Pena), e a abertura oficial do sambaqui e inauguração da calçada e demais benfeitorias.

O Grupep

Há 18 anos na Unisul, o Grupep surgiu como Núcleo de pesquisa diante da iniciativa de alguns professores de História e Pedagogia. Em 2004 se tornou Grupo de Pesquisa. Hoje atua na pesquisa acadêmica, pesquisa de arqueologia preventiva, consultoria e realiza ações de Educação Patrimonial.

A equipe Grupep é constituída por mestres, doutores, estudantes de pós-graduação e graduação, na qual envolveu as áreas de pedagogia, ciências da computação, ciências biológicas, turismo e história.

COMPARTILHAR