Grupep participa de Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira

O Grupo de Pesquisas em Educação Patrimonial e Arqueologia (Grupep) da Unisul participa do XX Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira – Memória, Patrimônio Cultural e Direitos Humanos. Esta edição do evento está sendo realizada na cidade de Pelotas, no Rio Grande do Sul, e conta com a apresentação de trabalhos dos professores Geovan Martins Guimarães e Bruna Cataneo Zamparetti, pesquisadores do Grupep.

Um dos trabalhos apresentados pelos pesquisadores divulga a Educação Patrimonial que o Grupep promove, atendendo uma média de 5 mil estudantes ao ano, chegando, por vezes, a atender até 10 mil. Geovan e Bruna destacaram as ações educativas que o grupo de pesquisas realiza no âmbito da extensão universitária e reforçaram a importância das ações de difusão e preservação do patrimônio arqueológico.

A outra produção científica apresentada no congresso é o projeto da tese de Doutorado da pesquisadora Bruna junto a um trabalho desenvolvido pelo Grupep na cidade de Capivari de Baixo. “A pesquisa discute a relação sobre a preservação entre órgãos de proteção, arqueologia e comunidade. E produz um espaço de escuta para as narrativas dessas pessoas a fim de observar os pontos de vistas daqueles que estão próximos de sítios arqueológicos, buscando integrar esses agentes em prol da preservação do complexo lagunar sul catarinense”, destaca.

Oportunidade

“Uma função social necessária da produção científica é a socialização da mesma”, reforça Bruna. A pesquisadora acrescenta também que ter espaço para apresentar trabalhos produzidos pelo Grupep em um evento nacional é muito importante. Já que oportuniza troca de experiências, contatos institucionais e estabelece laços e parcerias com demais arqueólogos do Brasil.

COMPARTILHAR