Priscilla Ulguim é uma pesquisadora PhD na Universidade de Teesside (Reino Unido)
Priscilla Ulguim é pesquisadora PhD na Universidade de Teesside (Reino Unido)

No mês de julho, o Grupo de Pesquisa em Educação Patrimonial e Arqueologia da Unisul – Grupep Arqueologia recebeu a pesquisadora pós-graduada e bolsista de doutorado pela CAPES na Teesside University, Reino Unido, Priscilla Ulguim[1], para que realizasse pesquisa em materiais que estão sob a responsabilidade do Grupo. Priscila é bioarqueóloga e especialista em remanescentes humanos, realizou analise na Unisul porque o projeto que trabalha é composto por diferentes pesquisadores e universidades, e o Grupep é o curador do material analisado pela pesquisadora.

Parte do projeto está ligada a remanescentes cremados associados aos grupos Jê do Sul – Jê Landscapes. Assim, Priscilla passou um mês no laboratório do Grupep, analisando ossos recentemente escavados, e visitou o sítio Abreu Garcia[2] e a região de Urubici.

Poucos estudos têm analisado os restos humanos em detalhe. A pesquisa de Priscilla tem como objetivo analisar as alterações induzidas pelo calor no osso, incluindo a modificação de estruturas, juntamente com os dados sobre práticas funerárias regionais, a fim de compreender as pessoas envolvidas e interpretar a natureza do processo funerário.

Mais informações no blog da pesquisadora, AQUI!

[1] Priscilla Ulguim é uma pesquisadora PhD na Universidade de Teesside (Reino Unido) com interesses em análise do osso queimado, cremação e arqueologia sul-americana. Ela completou o mestrado em Bioarqueologia (Osteologia Humana) na Universidade de Exeter (Reino Unido). Na pesquisa de doutorado aplicou métodos analíticos avançados em sítios arqueológicos no sul do Brasil.

[2] O sítio Abreu Garcia está localizado na vinícola da família Abreu Garcia, em Campo Belo do Sul. Segundo pesquisa, é um aterro circundado por um anel, lá estão os remanescentes dos povos indígenas que usavam o local para venerar e enterrar os antepassados. O monumento principal é um círculo de aproximadamente 40 metros de diâmetro, formado por uma mureta de um metro de largura e altura.

Texto: Cintia Abreu / Colaboração de Reginaldo Osnildo

COMPARTILHAR