Intermed Sul: previsão de incremento para a economia local é de R$ 4 milhões

Tubarão já respira o ar do Intermed Sul, maior encontro entre estudantes de Medicina do sul do país, que acontece entre os dias 7 e 10 de setembro. Mas enquanto os acadêmicos de 25 universidades de Santa Catarina e Rio Grande do Sul não chegam, uma grande estrutura está sendo preparada para recebê-los. E toda essa estrutura promete um incremento de destaque na economia local.

Para abrigar a maioria dos 3.500 inscritos, uma tenda gigante está sendo erguida há mais de uma semana. Somados, os espaços da Arena Multiuso Estêner Soratto da Silva totalizarão 15 mil metros de área coberta. Rafael Custódio, proprietário da Temporary Eventos, conta quantas pessoas estão envolvidas na parte operacional da montagem. “São 45 trabalhadores, de cinco empresas diferentes, ligados diretamente a montagem das estruturas temporárias. A cobertura principal tem quase 5 mil metros quadrados, com 3,6 mil metros quadrados de piso”.

O Intermed Sul é o maior evento de Medicina do sul do país. Reúne os futuros médicos de 25 atléticas dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul em competições esportivas, culturais e festas de integração. Em 2017, serão 22 modalidades esportivas, três festas temáticas com três shows nacionais, desafio de baterias e trio elétrico. Os eventos acontecerão na Arena Multiuso, Complexo Poliesportivo da Unisul, Clube de Campo, Sesc e Hangar Eventos. Tubarão recebe o Intermed Sul pela segunda vez.

Apesar do dormitório oficial, muitos alunos buscam alternativas de acomodação. Por este motivo, a rede hoteleira do município já está com sua ocupação praticamente lotada, durante os quatro dias de evento. Camila dos Santos, responsável pelas reservas do Hotel San Silvestre, comemora a realização do Intermed Sul na cidade. “Por se tratar de um feriado, nossa demanda geralmente é baixa. Com o evento na cidade, estamos com a ocupação máxima. Os alunos começaram a nos procurar em julho”.

Itens que fogem do comum quando se pensa no incremento econômico que um evento deste porte pode trazer para a cidade, fazem parte da check list do Intermed Sul. Todos os participantes recebem, na chegada, um crachá de identificação. E estes crachás foram confeccionados em Tubarão. Além das quase 4 mil unidades que ficarão na cidade, outros 3 mil crachás, para a versão paranaense do Intermed, também foram confeccionados aqui. O gerente de produção da JM Carimbos, Jonathan Ramos, conta que a confecção deste lote pode durar até seis dias. “Temos algumas demandas maiores com associações, então conseguimos atender eventos como o Intermed. Cada crachá possui nome, universidade e foto, e o processo precisa da atividade automática, aliada ao trabalho manual dos nossos colaboradores”.

Texto com informações da Abra Digital

COMPARTILHAR