Lançamento do documentário Mãe Tereza acontece dia 30 de maio

O lançamento do documentário Mãe Tereza, desenvolvido pelo aluno do curso de Jornalismo, campus Tubarão, Bruno Tomaz de Souza e pelo coordenador dos cursos de Comunicação Social, Mário Abel Bressan Júnior, acontecerá dia 30 de maio, às 19h30min, no salão Nobre (Bloco A) da Unisul, em Tubarão.

Conforme o orientador do projeto e professor, Mário Abel Bressan Júnior explicou, as entrevistas foram feitas no Museu Ferroviário de Tubarão, aonde podemos observar essa relação dos entrevistados com o próprio local. “O documentário será entregue ao museu. Além disso ele quer distribuir para  algumas escolas, para que se possa ficar guardado e ser resgatado sempre que possível, pois a estrada de ferro foi muito importante para o desenvolvimento da região”.

Conheça um pouco do Projeto:

O projeto de pesquisa “A memória como patrimônio imaterial no Museu Ferroviário de Tubarão”, chega ao fim após dois anos de produção. Em 2015, o projeto foi aprovado pela Unisul e pelo Fundo de Apoio à Manutenção e ao Desenvolvimento da Educação Superior – Fumdes, através do artigo 171.

O projeto de pesquisa trata-se um documentário intitulado “ Mãe Tereza: Memórias de uma estrada de ferro”. Para sua produção, 20 aposentados que trabalharam na linha ferroviária foram entrevistados pelo aluno e coordenador.

A estrada de ferro trouxe desenvolvimento para as cidades da região, principalmente para Tubarão, sede da ferrovia e onde estava instalada a usina termoelétrica na época. E para Criciúma, onde encontravam-se as minas.

Com o passar do tempo, a ferrovia perdeu a força. Assim, muitas das informações sobre a época foram perdidas com a morte das pessoas que fizeram parte da estrada

Desta forma, o objetivo do documentário busca resgatar o patrimônio imaterial da Rede Ferroviária Federal através de gravações em vídeo, uma vez que seria a melhor forma de preservar a história, ainda segundo o orientador do projeto de pesquisa.

COMPARTILHAR