“Marketing digital evoluiu a partir dos smartphones”, diz professor Cordioli

A partir do advento da internet, o marketing vem sofrendo alterações na sua forma de execução. Apesar do marketing ser algo antigo, na era digital trouxe inúmeras mudanças que se adaptaram à nova realidade, a exemplo do inbound marketing.

Afinal, o que é marketing?

O termo marketing surgiu no pós-guerra na década de 1950 quando o cliente passou a ter maior poder de escolha com o avanço da industrialização que aumentou as disputas de mercado pelas empresas. Consequentemente os processos passaram a receber estratégias para manter a oferta de produtos e serviços que chegam ao consumidor.

Marketing nos dias atuais

A crescente expansão do mercado de consumo pode ser considerada um dos fatores determinantes para que as empresas valorizem o relacionamento com o cliente e entendam que não basta apenas investir em anúncios de mídia tradicional.

De acordo com o professor Luiz Alberto Cordioli, coordenador do curso de Marketing da UnisulVirtual, o processo de venda atravessa mudanças significativas, juntamente com o perfil do profissional de vendas. A capacidade de desenvolver técnicas e dialogar com os consumidores representa um grande atrativo para a contratação de um profissional de marketing. “Incialmente, gostaria de destacar que nesse dia do profissional de marketing temos muitas razões para comemoração. Tais transformações estão diretamente ligadas ao perfil do profissional de marketing, bem como seus conhecimentos e habilidades. O marketing digital, marketing de relacionamento e inbound marketing, dentre outras técnicas, representam o carro chefe do marketing na atualidade”.

A época do marketing de massa e das campanhas milionárias nas mídias tradicionais foi superada pelo marketing de segmentos, nichos e marketing individual em que o cliente surfa na web a procura de soluções viáveis para os seus problemas cotidianos. “Neste contexto, o sucesso está ligado ao potencial de uma empresa atrair o interesse das pessoas oferecendo conteúdo relevante, além de outras vantagens, em troca de dados pessoais como forma de iniciar um relacionamento de consumo”, aponta Cordioli.

Para o futuro, o professor Cordioli destaca as ferramentas e ações de marketing ainda mais centradas na internet e na interação com os smartphones como meios de atrair e fidelizar os clientes pelo conteúdo oferecido do que pelo produto ou serviço em negociado. “Cada vez mais, o profissional de marketing deverá ser estratégico e digital. Um profissional estratégico deverá entender os desejos e necessidades das pessoas e traduzi-los em produtos e/ou serviços viáveis para comercialização. O perfil digital possibilitará que o profissional de marketing oriente o desenvolvimento de relacionamentos de consumo nos meios digitais de forma eficaz e duradoura”.

Leia também:

Marketing aparece entre as carreiras mais promissoras nos próximos anos

COMPARTILHAR