Unisul lança campanha “Menos papel e mais preservação”

O objetivo principal da campanha, idealizada pela Pró-Reitoria de Administração e Serviços Acadêmicos da Unisul, é de conscientizar cada colaborador sobre a real necessidade das impressões feitas na Universidade. Além disso, também chama a atenção para a utilização de materiais na versão digital, evitando assim o desperdício de papel.

“É uma economia inteligente dos recursos, pois combate o que é desnecessário. Por exemplo, quando um colega vai para uma reunião, poderia levar um notebook, um tablet ou mesmo o arquivo no celular. Assim, não é preciso usar papel impresso com as informações que podem ser usadas digitalmente”, comenta a professora Milene Pacheco Kindermann, da Pró-Reitoria de Ensino, Pesquisa, Pós-Graduação, Extensão e Inovação (PROEPPEXI) da Unisul.

E a campanha de conscientização já inicia dando o exemplo para os colaboradores: ela será realizada apenas no formato digital. “Pensamos em imprimir cartazes coloridos para colocar junto às impressoras, mas optamos por não fazer isso. Vamos tentar sensibilizar as pessoas utilizando apenas as formas digitais, afinal, esse é o objetivo da campanha”, comenta a professora.

Segundo a empresa norte-americana IBM, por ano, uma pessoa que trabalha em um escritório é responsável pela impressão de cerca de 10 mil folhas de papel. Estima-se que quase 60% tenha destino final o cesto de lixo.

Dicas para redução do consumo de papel:

  • Imprimir frente e verso e copiar apenas a quantidade necessária;
  • Fazer emendas e correções necessárias no computador;
  • Utilizar o e-mail para comunicações internas e externas;
  • Fazer gravação de cópias para arquivo online, cd, pendrive;
  • Sempre que possível utilizar papel produzido com madeira certificada e branqueada com oxigênio e não com dióxido de cloro.
COMPARTILHAR