PDI: estudantes e egressos debatem o futuro da Unisul e Araranguá surpreende pela mobilização

Os trabalhos de elaboração do PDI – Plano de Desenvolvimento Institucional -, a ser validado para o período de 2020 a 2024, mobilizaram estudantes e egressos em Araranguá, e nos debates enfatizou-se a importância de se valorizar o ser humano e estar de olho permanente na revolução tecnológica. 

Hemily Silva Costa, aluna do curso de Direito, filha e esposa de agricultor, vê em sua formação a esperança de alcançar a qualidade de vida que sempre sonhou.

“A Universidade quebra tabus e estudar na Unisul significa transformar a própria vida”, salientou.

O envolvimento de alunos e egressos na Unisul iniciou-se em maio e, no próximo dia 20, haverá dois encontros no Campus de Tubarão – matutino e noturno – com a presença de alunos e egressos. Os debates se estenderão por todos os campi e unidades e o objetivo da equipe de trabalho é ouvir experiências, opinião de alunos sobre o processo de aprendizagem em todas as áreas, as mudanças que ocorrem no mundo e qual o melhor futuro que a Unisul deve construir, de forma inovadora e ousada.

“Precisamos ouvir, discutir, pesquisar e saber planejar com perseverança, para que a Unisul dê um importante salto em busca da inovação, sustentabilidade, com planos e atitudes que assegurem a sua colocação no ranking das universidades inovadoras”, disse o reitor Mauri Luiz Heerdt, ao destacar a valiosa participação de estudantes e egressos em Araranguá.

“Este encontro superou nossas expectativas, principalmente pela participação de egressos com ótimas reflexões, observou a professora Patrícia Meneghel, responsável pelo Grupo Temático “Os Impactos da Universidade na Vida das Pessoas e Sociedade, do PDI.

Para o professor Fabrício Attanásio Coordenador do Comitê Executivo do PDI 2020-2024, “a metodologia de Cocriação elaborada para este encontro, privilegiou a colaboração e reflexão dos estudantes em torno de questões relacionadas com a avaliação do impacto atual da universidade, o mundo em constante transformação e, principalmente, o futuro e os desafios da educação e das Universidades. Todo o encontro foi pensado como atividades dinâmicas e colaborativas.

No final, em Araranguá, os estudantes passaram um ótimo feedback, chancelando esta metodologia e importância de escutar-se os estudantes e egressos. O objetivo é estimular a participação de estudantes e egressos, cujas opiniões e avaliações, somadas às discussões que serão realizadas com gestores, docentes e técnico-administrativos e comunidade externa, além das pesquisas, facilitarão a arquitetura do modelo dinâmico que a Unisul vai implementar em 2020, visando às mudanças estruturais e pedagógicas voltadas ao reenquadramento da universidade no cenário de transformações permanentes.