Pesquisadoras da Unisul participam de Colóquio Internacional em Uberlândia

Pesquisadoras do Grupo de Pesquisa Teoria do Ensino Desenvolvimental na Educação Matemática (TedMat) participaram do IV Colóquio Internacional Ensino Desenvolvimental: Sistema Elkonin-Davidov, na Universidade Federal de Uberlândia (UFU).  O IV Colóquio teve como objetivo promover o debate, a reflexão, a troca de experiências e a divulgação de pesquisas científicas, realizadas por pesquisadores de diversas instituições brasileiras e estrangeiras sobre o ensino desenvolvimental.

A professora da Unisul, Josélia Euzébio da Rosa foi convidada para participar de uma mesa redonda juntamente com o professor doutor Ademir Damazio (Unesc) e professor doutor Manoel Oriosvaldo de Moura (USP).

A professora falou sobre um experimento de medição desenvolvido às margens do Rio Tubarão com inspiração na experiência humana que deu origem ao conceito de fração, historicamente, às margens do Rio Nilo, no Egito, com base nas reflexões já realizadas por Moura (2015) e Santos (2017). “Em nossas investigações buscamos compreender os princípios da lógica dialética para pensar a organização do ensino. Do concreto partimos e ao concreto voltamos, mas esse movimento precisa ser melhor compreendido para que possamos atingir a essência dos objetos e fenômenos. Caso contrário, nos limitamos ao empirismo, tal como ocorre hoje na educação escolar brasileira. É assustador ver nossos jovens e adolescentes saindo do Ensino Médio com uma leitura tão superficial da realidade. Precisamos pensar um sistema de ensino que possa contribuir na construção da sociedade que queremos a partir das contradições que temos”, enfatizou Josélia que é professora do PPGE/UNISUL e líder do TedMat/UNISUL).

Além da professora Josélia, duas mestrandas e uma egressa do PPGE/UNISUL tiveram seus trabalhos aprovados e apresentaram suas pesquisas durante o evento.

Luciane Corrêa Nascimento Isidoro, mestranda PPGE/UNISUL e professora do Colégio Dehon, fala que um evento como este remete à superação das perspectivas, possibilitando um avanço no âmbito da pesquisa a partir do aprofundamento no conhecimento das proposições do ensino desenvolvimental. “Uma oportunidade reflexiva em face ao nosso contexto escolar, de modo que, nos inspira à busca de uma educação articulada na proposição do pensamento teórico”, avaliou.

Para a professora e pesquisadora Ana Paula da Silva Galdino, egressa do PPGE/UNISUL e professora do Colégio Dehon, a participação no evento foi valiosa pelo aprofundamento proporcionado a partir das reflexões apresentadas por autores e palestrantes. “Como pesquisadora, foi uma oportunidade de socializar nossas produções por meio da publicação e apresentação do artigo elaborado com base na dissertação de Mestrado”, relatou.

Mariana da Silva Fontes, mestranda PPGE/UNISUL, fala que foi uma experiência muito enriquecedora para a formação enquanto professora-pesquisadora. “O contato com estudiosos do sistema Elkonin-Davidov de diversos países e estados brasileiros, nos anima a persistir na caminhada e aprimorar o trabalho intitulado ‘Caminhos trilhados no processo de aprendizagem sobre o modo de organização do Ensino Desenvolvimental na formação inicial’. Foi o momento de socializar e dialogar sobre a temática mencionada, com questões provocadoras a serem pensadas, promovendo assim muito aprendizado”, ressaltou.

O TedMat faz parte da unidade de relacionamento do GEPAPe, juntamente com pesquisadores da Unesc e da UFU. Dessa unidade de relacionamento também apresentaram trabalhos a professora Eloir Fátima Mondardo Cardoso (Unesc), Valdirene Gomes de Sousa (Uespi) e Dilliany Mouzinho Pedrosa Castro (Uespi).

6
4
7
COMPARTILHAR