Pesquisadoras da Unisul ministram minicurso em evento internacional

Representando o Grupo de Pesquisa Teoria do Ensino Desenvolvimental na Educação Matemática (TedMat) na ‘II Conferência Internacional: O Enfoque Histórico-Cultural em Questão’ realizada em março na Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo, a professora Josélia Euzébio da Rosa e sua orientanda do Mestrado em Educação, Mariana da Silva Fontes, ministraram um minicurso sobre o modo de organização do ensino de Matemática com base na Teoria Histórico-Cultural. O minicurso foi realizado em parceria com o Grupo de Estudos e Pesquisa em Processos Educativos e Perspectiva Histórico Cultural – GEPPEDH da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

A mestranda Mariana da Silva Fontes, destaca que as discussões realizadas durante o evento, contribuíram para ampliar a compreensão da Teoria Histórico-Cultural. Esta fundamenta a proposta curricular do Estado de Santa Catarina e o curso de Pedagogia da Unisul. “Refletimos sobre a lógica formal vigente nas escolas brasileiras versus os princípios da lógica dialética em um modo de organização do ensino de conceitos matemáticos. As trocas de conhecimentos e os debates foram enriquecedores, nos quais estreitam as relações entre grupos de pesquisas e alicerçam nossos estudos em um enfoque teórico-metodológico,” completa a pesquisadora do TedMat.

A Conferência reuniu na USP pesquisadores de diversos países que apresentaram por meio de conferências, simpósios e minicursos, suas leituras e interpretações sobre aspectos do enfoque histórico-cultural, promovendo o debate e a análise crítica, de modo a contribuir para a ampliação e o redimensionamento do conhecimento sobre o assunto, assim como da atuação dos profissionais e estudantes do campo das Ciências Humanas, particularmente da Psicologia, Educação (Pedagogia e demais Licenciaturas) e Sociologia.

COMPARTILHAR