Portugal, SC e Unisul comemoram os 200 anos de Caldas da Imperatriz

A Unisul estará presente na programação de comemoração do Bicentenário de Caldas da Imperatriz que será realizada entre os dias 15 e 18 de março. Para esse evento, virão o prefeito de Caldas da Rainha (Portugal), Tinta Ferreira, a coordenadora de balneários da CODEMIG – Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais professora Dra Jussara Marrichi, e representantes da cidade de Santo Amaro da Imperatriz. Durante a programação, no dia 17/03, a Unisul participa do 1º Fórum científico sobre Termalismo Caldas da Imperatriz, no Plaza Caldas da Imperatriz, onde os professores da universidade apresentarão pesquisas e experiências de ensino.

A universidade é pioneira no ensino do Termalismo e também na  inserção do tema na grade curricular dos cursos de Naturologia e Enfermagem. O tema já motivou diversos alunos e professores a levar adiante o assunto para pesquisas acadêmicas, produção de artigos e participação em congressos no Brasil e exterior, além de realizar parcerias como por exemplo com o Sistema Único de Saúde (SUS), oferecendo tratamentos de saúde. Ações pioneiras como estas elevam a qualidade do ensino e são levadas em consideração quando o Ministério da Educação avalia a instituição, como ocorreu recentemente em que a Unisul foi avaliada com o conceito 5, o máximo do MEC.

Bicentenário de Caldas da Imperatriz

Há 200 anos, no dia 18 de março, ocorreu a assinatura do decreto real para a construção do 1° hospital termal do Brasil, mas especificamente em Santo Amaro da Imperatriz, aos moldes do hospital termal de Caldas da Rainha em Portugal. Hoje, o local, se tornou um hotel e recebe centenas de pessoas por ano, não só para hospedagem, mas principalmente para usufruir dos benefícios das águas termais de Caldas da Imperatriz. O termalismo é utilizado desde o século XIX para tratamento da saúde e os resultados tem sido alvo de pesquisas no mundo todo. Na Unisul, o termalismo faz parte da grade curricular dos cursos de Enfermagem e Naturologia, uma das únicas universidades que abordam esta prática em sua grade curricular.

Entenda a relação das Águas Termais de Portugal com o Brasil

A família real portuguesa veio para o Brasil em 1808. A fim de continuar seu costume em se tratar com águas termomedicinais, a realeza buscava encontrar essas águas em terras brasileiras. Dom João VI foi informado que as águas da antiga Caldas do Rio Cubatão eram curativas e, em 18 de março de 1818, instituiu a construção do 1o hospital termal brasileiro a partir do modelo de Caldas da Rainha/Portugal, que data de 1448. O nome Caldas da Imperatriz se deu com a visita real, em 1945, ao hospital termal. A troca do nome foi uma homenagem à Imperatriz Tereza Cristina, que em agradecimento presentou a estância termal com banheiras de mármore de Carrara vindas da Itália. A homenagem à Imperatriz foi uma alusão à homenagem dada à Rainha Eleonora em Caldas da Rainha/Portugal. As banheiras de mármore de Carrara foram presentes da Imperatriz para o hospital termal, e vieram da Itália.

Águas termomedicinais

O termalismo social refere-se ao uso de águas minerais termais para o tratamento e promoção da saúde em um âmbito mais complexo, que visa o uso sustentável do recurso hídrico, desenvolvimento sustentável e o acesso às práticas integrativas e complementares -PIC. Já crenoterapia, é o uso de águas minerais no cuidado à saúde. Em 2006, o Ministério da Saúde, seguindo orientações da Organização Mundial de Saúde, instituiu a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares – PNPIC no âmbito do Sistema Único de Saúde. Na qual tem como um de seus pilares o termalismo social/crenoterapia. Entretanto, essas Práticas Integrativas e Complementares (PIC) encontra-se na PNPIC somente como um observatório. No qual se estimula realizar pesquisas e estudos acerca da temática e reunir evidências clínicas sobre o uso da água termal para tratamentos em saúde no âmbito do SUS. Objetiva também apoiar os espaços institucionais de articulação entre os diversos atores envolvidos na construção e implementação do termalismo social/ crenoterapia no sistema público de saúde.

De acordo com a enfermeira e naturóloga e também professora da Unisul Livia Crespo Drago, a comemoração do bicentenário de Caldas da Imperatriz é de extrema importância por diversos aspectos. “Ressalta o momento  históricos da vinda da família real para Santa Catarina; sublinha a importância de implementar o termalismo social/crenoterapia no âmbito SUS, como destaca a PNPIC, e a política pública municipal de termalismo; inventiva uma mudança de cultura sobre o uso das águas termais, que é muito além do recreativo e de lazer, e a utilização sustentável deste recurso natural; promove sensibilização e educação permanente de profissionais e gestores de saúde para o uso terapêutico das águas termais; proporciona divulgar o estudo financiado pelo Ministério da Saúde e desenvolvido em parceria com a Unisul, a UFSC e a Secretaria Estadual de Saúde na temática do termalismo social e o ensaio pré-clínico em modelo animal desenvolvido no programa de pós-graduação de ciências da saúde da Unisul; compartilha a experiência do município de Santo Amaro da Imperatriz em conjunto com a Unisul e a HidroCaldas em um projeto piloto de termalismo social na atenção básica; além disso, proporciona o intercâmbio entre as cidades de Santo Amaro da Imperatriz/SC e Poços de Caldas/MG, que também é uma das cidades históricas termais do país; e fortalece o vínculo entre as cidades irmãs de Santo Amaro da Imperatriz/SC e Caldas da Rainha/Portugal.

Veja a programação completa do evento: 

Pré-evento: 12, 13 e 14/03 – Exposição Itinerante nas Escolas:  Caldas da Imperatriz 200 anos pelo fotografo Ruy Luiz Machado.

Dia 15/03 – Chegada das comitivas de Caldas da Rainha-Portugal e Poços de Caldas – Minas Gerais.

19:00h: Sessão especial alusiva aos 200 anos de Caldas da Imperatriz na Câmara Municipal de Santo Amaro da Imperatriz.

19:00h: Abertura da Exposição Caldas da Imperatriz 200 anos por Ruy Luiz Machado, Câmara Municipal de Santo Amaro da Imperatriz.

Dia 16/03 – 20:00 – Jantar comemorativo aos 200 anos de Caldas da Imperatriz promovido pelo Rotary Club de Santo Amaro da Imperatriz. Local: Cachaça do Imperador.  (evento para convidados)

Dia 17/03 – 09:00 às 12:00h – 1º Fórum científico sobre Termalismo Caldas da Imperatriz – Plaza Caldas da Imperatriz.

9h Abertura

9:10h O balneário termal de Caldas da Imperatriz ao longo da história – Prof° José Carlos Petri (historiador e servidor da secretaria de educação do município de Santo Amaro da Imperatriz)

9:30h A atualidade do balneário termal: relatos acerca do Hotel Caldas da Imperatriz – Representante da Companhia Hidromineral de Caldas da Imperatriz – HidroCaldas

9:40h Relato de Experiência do município de Santo Amaro da Imperatriz com o termalismo social na atenção básica: uma parceria entre SMS, Unisul e HidroCaldas – Espª Fernanda Cardinali (enfermeira e servidora da secretaria de saúde do município de Santo Amaro da Imperatriz) e Ddª Livia Drago (docente da Unisul)

10:00h Avaliação dos efeitos da imersão diária em água termomineral de Caldas da Imperatriz em um modelo pré-clínico de dor inflamatória – Ddª Aline Emer (docente da Unisul)

10:20 – coffee break

10:40h Tratamento de dores através do termalismo: percepções dos usuários do Sistema Único de Saúde de Santo Amaro da Imperatriz/SC – Ddª Livia Drago (docente da Unisul)

11:00h Termalismo Social na Atenção Básica Catarinense: Realidade, Sensibilização e Ação – Ddª Livia Drago (docente da Unisul e membro do projeto desenvolvido pela Secretaria de Saúde do Estado de Santa Catarina)

11:20h-  Os poços de Caldas no sul de Minas Gerais: história e termalismo na atualidade – Drª Jussara Marques Oliveira Marrichi (docente UNIFENAS/MG e Coordenadora de Balneários da CODEMIG)

11:40h – O termalismo em Caldas da Rainha/Portugal – Sr Tinta Ferreira (prefeito de Caldas da Rainha/PT)

12:00h – Encerramento

14:00h – Visita Guiada no balneário Termal de Caldas da Imperatriz.

Dia 18/03 – 10:00h – Cerimônia em comemoração aos 200 anos de fundação de Caldas da Imperatriz com a presença do Prefeito de Caldas da Rainha-Portugal. Local:  Balneário Termal, em frente ao Hotel Caldas da Imperatriz.

– Fechamento da Cápsula do tempo dos 200 anos de Caldas da Imperatriz, com abertura prevista para as comemorações dos 250 anos do balneário em 2068.

COMPARTILHAR