Especialização em Gestão do Esporte é voltada ao mercado esportivo

A pós-graduação lato sensu em Gestão do Esporte da Unisul, ofertada na modalidade presencial, desenvolve competências e habilidades intelectuais, cognitivas, humanas e técnicas, preparando o estudante para elaborar e coordenar projetos esportivos, gerenciar clubes, academias e demais instalações esportivas, bem como desenvolver soluções e estratégias inovadoras.

Direcionada aos profissionais de diversas áreas do conhecimento que tenham interesse em trabalhar com esporte e disponham de diploma de nível superior, a pós-graduação em Gestão do Esporte tem duração de 375 horas, e o investimento pode ser parcelado. Os interessados podem se inscrever até o dia 16 de março clicando no link: Gestão do Esporte. As aulas serão quinzenais.

De acordo com o coordenador da especialização, professor Rafael Andreis, a gestão do esporte pode ser entendida como toda e qualquer aplicação dos princípios de gestão nas organizações esportivas, ou seja, planejar, organizar, liderar e executar atividades profissionais relacionadas ao esporte. Com essa premissa, os conteúdos trabalhados em sala de aula se aplicam diretamente no mercado esportivo, englobando a comercialização de bens, serviços, pessoas, lugares e ideias na indústria do esporte, fitness, recreação e lazer. “O mercado esportivo acaba se limitando muito ao relacionamento entre profissionais, que acabam limitados por esta questão. Na pós-graduação em Gestão do Esporte os alunos têm a oportunidade de conhecer novos profissionais, professores de referência no Brasil e exterior, além de estreitar laços de amizade e até mesmo parcerias para os novos projetos com os colegas de aula, os quais possuem muitos interesses em comum”, completa ele.

Os destaques dessa especialização são a experiência nos programas educacionais voltados a Gestão do Esporte; o reconhecimento e relacionamento com o mercado de trabalho; o estágio em diferentes organizações esportivas; o relacionamento com profissionais e colegas que atuam no mercado de trabalho; o desenvolvimento de competências voltadas a gestão do próprio negócio e oportunidades de cursos voltados a gestão do esporte no exterior.