Pós-graduação qualifica enfermeiro para ser obstetriz

Durante o trabalho de parto é essencial que haja uma equipe multidisciplinar envolvida para que quaisquer riscos sejam minimizados. Um papel importante nesse momento é o do obstetriz, profissional que auxiliará a gestante em todas as etapas do parto, desde o início até o puerpério imediato. A Unisul, procurando atender a uma demanda do mercado, oferta a pós-graduação em Enfermagem Obstétrica e Neonatal.

Entre os anos de 1990 e 2015, a redução na razão de mortalidade materna no Brasil representou uma diminuição de 56%, segundo dados do Ministério da Saúde. Esses índices mostram que diversas medidas foram tomadas para que houvesse uma redução significativa. Segundo a coordenadora da pós-graduação, Adriana Elias, o curso é importante para capacitar o enfermeiro. “O profissional precisa estar ciente do que está fazendo. O enfermeiro obstetra se destaca por ser responsável pelos partos sem intervenções cirúrgicas e toma atitudes para evitar a mortalidade materna”, esclarece.

A especialização

A pós-graduação em Enfermagem Obstétrica e Neonatal tem duração mínima de um ano e meio, mas pode variar dependendo da disponibilidade dos estágios. Cada aluno precisa realizar 20 partos, então esse período pode ser maior, já que depende de outros fatores e pessoas.

Os encontros teóricos serão sexta e sábado, e as atividades práticas serão agendadas de acordo com a disponibilidade de cada estudante.

A Unisul oferece descontos especiais para egressos da Universidade, de 10% a 20%, e também para quem deseje pagar o curso à vista: 15% no valor total da especialização.

COMPARTILHAR