Dia Mundial da Poupança: PrevUnisul sugere dicas para as finanças

Na ânsia de realizar os objetivos e obter conquistas, troca-se os pés pelas mãos ao gastar mais do que se tem, o que costuma se transformar em dívidas e na desestabilização das finanças pessoais. PrevUnisul sugere: ao mudar pequenas rotinas é possível organizar as finanças e garantir um sono tranquilo.

Neste Dia Mundial da Poupança, comemorado todos os anos em 31 de outubro, a PrevUnisul tem o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da poupança, do investimento e do planejamento, na construção de um futuro sólido e seguro financeiramente.

PrevUnisul sugere: não basta somente a iniciativa de poupar. É preciso ter discernimento e racionalidade para que o valor poupado seja suficiente para reverter-se em uma renda condizente com a realidade e com as necessidades daquele que poupa.

É difícil visualizar uma fase da vida que ainda esteja distante a importância que uma reserva financeira tem para garantir o futuro confortável da família quando a época da aposentadoria chegar. Por isso, o Dia Mundial da Poupança é uma data símbolo do estímulo ao pensamento de longo prazo.

A opção pela previdência complementar é uma decisão inteligente para começar desde já a poupar e ter a consciência de que o valor investido está construindo um futuro melhor. Diferenciadas são as pessoas que pensam no futuro e decidem poupar, independente da maneira como o fazem. Privilegiados são os que contam com a parceria de uma empresa que, pensando em seus empregados, mantém estímulos à poupança através de Entidades de Previdência Complementar, como faz a Unisul.

PrevUnisul sugere dicas para as finanças

Não basta poupar, é necessário que o valor poupado esteja adequado ao estilo de vida de quem poupa.

Os que mantêm contribuição para planos de previdência muitas vezes o fazem simplesmente pelo ato de poupar – o que é louvável – mas não dão a merecida atenção ao valor da contribuição mensal.

Os verdadeiros previdentes são aqueles que, ao manterem uma poupança de longo prazo, se preocupam com o valor poupado e compreendem que esse valor está diretamente relacionado com a renda que custeará suas necessidades ou seus sonhos. Precisam ser rompidas as barreiras ilusórias de que os pequenos valores podem ser revertidos em grandes rendas. Essa realidade pode existir, mas o prazo precisa ser extremamente longo.

Se a poupança for iniciada na infância, por exemplo, juros sobre juros contribuirão para tornar o montante bem atrativo. Caso contrário, pequenos valores poupados em prazos curtos, não se reverterão em rendas diferenciadas.
Educação Financeira: planeje seu futuro na PrevUnisul
Educação Financeira: planeje seu futuro na PrevUnisul

Isso quer dizer que, valores poupados por 30 anos, revertem em rendas significativamente melhores do que os mesmos valores poupados por 15 anos, por pessoas de mesma idade, nas mesmas condições de mercado.

PrevUnisul sugere: é necessário ser racional e olhar para o futuro com responsabilidade e zelo, deixando as ilusões em segundo plano. Nada melhor do que uma calculadora ou um simulador para que, de imediato, a nuvem seja desfeita e a realidade revele que em finanças não existe mágica. Existe retorno diretamente proporcional ao esforço, ou, neste caso, contribuição mensal adequada proporcionando renda coerente com cada estilo de vida!

Texto: Reginaldo Osnildo / Colaboração Alexsandro Luis Bondan Da Silva

COMPARTILHAR