Prof. Mauri fala sobre o mundo do trabalho pós-pandemia

Desde o dia 11 de março, quando foi anunciado pela OMS que o mundo estava vivendo a pandemia do novo coronavírus, muitas coisas tiveram que ser mudadas, tanto no trabalho como em outros setores. E para entender este momento, vamos ver o que tem dizer o reitor da Unisul, professor Mauri Heerdt.

Como o ensino superior vai acompanhar as mudanças?

— A partir de agora, haverá uma valorização do ensino digital de qualidade. A simples fabricação de diplomas pelo tradicional EAD sem vínculo com a vida dos estudantes e com o contexto em que as pessoas vivem não terá futuro. Podemos estar a qualquer tempo, em qualquer espaço, ou estar ao mesmo tempo em vários espaços. Na escola, isso ainda era restrito a um grupo de professores. Hoje, todos os professores tiveram que se reinventar — afirma o Reitor da Unisul, Prof. Mauri Luiz Heerdt.

Para Mauri. o grande desafio é a reconfiguração do próprio conceito de sala de aula. Vamos conseguir trabalhar as novas exigências quando a própria empresa se transformar em sala de aula. Caso contrário, viveremos em eterno distanciamento entre aquilo que a empresa precisa e o que a escola ensina. Não existe mais tempo específico para estudar e outro para trabalhar. Formação e trabalho nos acompanharão a vida toda.

Digitalização: a chave da mudança

— Não há mais possibilidade de separar a tecnologia da vida das pessoas. Precisamos olhar a tecnologia a partir do bem que ela faz, do humanismo presente nela e da eficiência que ela pode proporcionar aos processos — diz Heerdt.

Fonte: NSC TOTAL
https://www.nsctotal.com.br/noticias/como-fica-o-mundo-do-trabalho-pos-pandemia

COMPARTILHAR