Professor da Unisul vai correr com a Tocha Olímpica Rio2016

O professor da Unisul, Gean Carlos Fermino, foi indicado para ser um dos condutores da Tocha Olímpica Rio2016. A indicação foi feita pelo ex-sufista de alto rendimento Rodrigo Soares dos Santos e outros diversos amigos. A Tocha viajará por todo o Brasil, durante 90 dias, e passará por mais de 300 cidades brasileiras.

Gean atuou na seleção brasileira de Handebol na posição de pivô e jogou ao lado de grandes nomes do esporte. O atleta estava se preparando para as Olimpíadas de Atlanta-EUA (1996), mas teve que abdicar do seu sonho para ajudar a salvar a vida da irmã que necessitava de um transplante de rim, já que ele era doador compatível. Após salvar a vida da irmã, Gean se dedicou aos estudos e ao trabalho, mas nunca abandonou o amor e o vínculo com o esporte. “Sempre estive ligado de alguma forma ao esporte, profissionalmente, por conta da minha trajetória como atleta e da minha formação profissional em Administração e Especialista em Engenharia de Produção, como professor de Gestão, Planejamento, Projetos e Instalações Esportivas. Ministrei aulas por um longo período no curso de Educação Física. Organizei o Mundial de Surf  em Imbituba durante 7 anos, fiz parte da equipe que planejou e definiu o Modelo de Gestão da Arena Jaraguá do Sul e do nosso Complexo Aquático da Unisul, além de outros projetos Estaduais e Nacionais”, ressalta.

“Comecei aos 11 anos em Imbituba, nas escolas públicas. Jogava de tudo e era muito ativo. Judô, futebol, música, etc. Em 1989, fui estudar na Escola Técnica Federal em Florianópolis, aos 14 anos e ali iniciou minha relação com a Capital. Joguei pelo Colégio Catarinense e por Florianópolis as competições estaduais e nacionais. Foi a minha grande escola. Só saí para a Seleção e para deixar de jogar”, conta Gean.

O professor Gean explica que após a indicação, o Comitê Olímpico Brasileiro – COB e os patrocinadores analisam a história de cada candidato e fazem os processos seletivos. Tiveram mais de 12 mil indicações.  “Recebi uma ligação por telefone do COB. A assessora estava muito alegre ao me contar e logicamente, fiquei extremamente feliz. Fecha-se um ciclo de vida desportiva. Será uma grande experiência. Já que não fui a um Jogos Olímpicos como atleta, vou como Condutor da Tocha Olímpica “Sagrada” que sai da Grécia”.

Após 20 anos longe do esporte, o ex-atleta será um dos representantes de Santa Catarina no revezamento da Tocha Olímpica, que terá início 100 dias antes da cerimônia de abertura dos Jogos, na Grécia. No Estado, a chama irá passar por Blumenau, Criciúma, Florianópolis e Joinville. Gean carregará a Tocha em Florianópolis, no mês de setembro de 2016.

COMPARTILHAR