Professor ensina técnicas de preservação de animais em extinção, no Chile

O médico veterinário e professor da Unisul, Joares A. May Junior, levou sua experiência com preservação de animais em extinção para a região da Patagônia, no Chile e, também, esteve presente na Jaguar Parade, evento em comemoração ao dia internacional da onça-pintada.

A convite da SAG, agência ligada ao Ministério da Agricultura do Chile, o professor Joares A. May Junior ministrou um curso na cidade de Coyhaique, no Chile, região da Patagônia. O professor apresentou as técnicas empregadas em conservação da onça-pintada no Brasil, que podem ser utilizadas no Chile para outros animais ameaçados de extinção.

“Demonstramos, principalmente, as técnicas voltadas a parte epidemiológica, para ajudar na tomada de decisões de animais ameaçados como o Huemul (Hippocamelus bisulcus), espécie selvagem de cervo, característico da região”, relata Joares.

Joares May atua nesta mesma região há mais de 2 anos, com capturas de huemul e pumas, para projetos de conservação. Estas iniciativas têm suporte do Onçafari – divisão Science, Panthera Foudation- Reserach Department, que conta com o apoio da Unisul.

Andrés Gómez Hernández, engenheiro agrônomo, ligado ao Ministério da Agricultura no Chile, disse que o treinamento foi muito importante para a região. “Sem dúvida nenhuma, as contribuições e conhecimentos fornecidos aos funcionários de nossa instituição serão muito importantes para gerar estratégias e padrões institucionais que permitam uma proteção e conservação mais eficazes da vida selvagem, particularmente de nossas espécies Huemul (Hippocamelus bisulcus) que está em perigo de extinção.

Dia Internacional da onça-pintada

O professor Joares A. May Junior também é pesquisador da Panthera Foudation e esteve em São Paulo representado a entidade no encerramento do evento Jaguar Parade, que ocorreu em comemoração ao dia internacional da onça-pintada, em 29 de novembro. Durante mais de 3 meses, réplicas de onças em resina ficaram expostas em diversos pontos da cidade de São Paulo.  

As obras foram pintadas por diversos artistas plásticos Em uma noite de gala, 60 das 90 estátuas foram leiloadas. Todo dinheiro arrecadado será destinado para a conservação de onças-pintadas no Brasil.

Projeto Onçafari

A Associação Onçafari existe há 7 anos e foi criada para promover a conservação do meio ambiente e contribuir com o desenvolvimento socioeconômico das regiões em que está inserida por meio do ecoturismo e de estudos científicos. Trabalham pela preservação da biodiversidade em diversos biomas brasileiros, com ênfase em onças-pintadas e lobos-guarás.

COMPARTILHAR