Professor José Müller: Meu testemunho

Por Osvaldo Della Giustina, fundador da Unisul

Acredito que seria quase inútil se eu fosse escrever este testemunho sobre o Professor Müller para a comunidade de Tubarão ou do Sul de Santa Catarina, ou para qualquer das dezenas de gerações que, na juventude, ou mesmo na idade adulta o conheceram, com ele conviveram, ou dele receberam muito de toda a riqueza, de sua grande dimensão humana, ou simplesmente do bem que ele semeou nesse mais de meio século por ele vivido entre nós.

Digo isto porque sei que cada um, interrompendo um momento de seus afazeres, lembrará do professor José Muller, que hoje nos deixou para viver “Do Além, Infinito, Amor-Criador” como ele se refere ao sentido da evolução da espécie humana, no último de seus livros, FÉ E CIÊNCIA-Reflexões .

Sobre este livro, escrito em meio às dores da doença que o levaria, me pareceu poder afirmar, “ser um livro que deveria ser lido de joelhos, como uma oração”:

“ Somos filhos de Deus, e Ele (é) nosso Pai,

Jamais  servo submisso, ou (servo) qualquer…”

Acredito que nessa revelação essencial de si mesmo é que o Professor Müller afirma a origem da força de sua palavra, de seus escritos, de toda sua atuação onde quer que fosse chamado: a fidelidade à verdade da Fé sempre convergente com a verdade do conhecimento , ou da ciência,que o fez um cientista cristão na plenitude dessas palavras.

Conheci o Professor José Müller há mais de 60 anos, como Professor do Colégio Dehon, no tempo dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, congregação religiosa de cujo noviciado participara, onde  recebeu, junto à profissão de sua fé os fundamentos de sua  filosofia.

Criada a Faculdade de Ciências Econômicas do Sul de Santa Catarina, origem da UNISUL, matriculou-se e foi aluno de sua primeira turma, formando-se Bacharel em Economia, título a que veio somar o de Bacharel em Filosofia, fazendo reconhecer seus estudos no noviciado.

Ocupava então a função de Adjunto do Diretor da Estrada de Ferro Dona Tereza Cristina, função de ótima remuneração e do mais alto prestígio na comunidade, onde demonstrava sua competência sobretudo nas questões inerentes à área de pesquisa e controles econômicos da Empresa.

Nessas condições convidei o economista José Müller para implantar na Fundação Educacional do Sul de Santa Catarina, FESSC, em que se transformara a Faculdade, o Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento, acumulando a função de Professor no mesmo  curso de economia ,onde se formara, ”trocando um emprego seguro, bem remunerado e de alto prestígio na comunidade, por um sonho, para muitos improvável, de construir uma grande Universidade” .

O economista e Professor José Müller me pediu apenas o tempo necessário para desligar-se de seu prestigiado emprego e assumir esse “sonho improvável” de construir a UNISUL.

Foram mais de 40 anos de dedicação integral, onde foi professor, diretor de Pesquisa da Universidade e seu primeiro Reitor , eleito após o reconhecimento da Universidade pelo Governo federal, tendo sido peça  essencial, por sua fé, sua dedicação e sua competência, na transformação da  Unisul numa universidade modelo no Estado e no País.

Por isto tudo, hoje a UNISUL é conhecida não só por seus trabalhos de pesquisa e por sua dedicação ao desenvolvimento regional, mas também  é reconhecida nas avaliações do Ministério de Educação, pela qualidade da centena de cursos que mantém ,por onde passaram cerca de 150 mil jovens dos quais mais de 100 mil receberam seu diploma de profissionais e cidadãos de nível superior, prestando serviços com maior qualidade em suas  comunidades, em suas famílias, nas empresas, enfim, nas atividades públicas e privadas, por todo o Estado Santa Catarina e no Brasil.

Em cada um deles, tenho certeza, além da lembrança do Professor José Müller, resta dele uma boa parte de seu preparo profissional e da formação recebida na UNISUL

Aposentado , o Professor  José Müller continuou recebendo e dando algo de si, de sua fé e de sua competência, a todos os que o procurassem, desde professores, alunos e ex-alunos da Unisul, ou simples pessoas da comunidade, como também prosseguiu assessorando  instituições que buscassem seu apoio, e devo registrar em especial seu trabalho junto à Diocese e à Prefeitura de Tubarão.

Hoje o Professor Müller nos deixa e, de certeza, recebido nos braços do Pai que tanto invocou e a quem tanto amou, está a receber a recompensa por todo bem que deixou como herança a cada um de nós, do que devo dar testemunho.

Mas a lembrança dessa herança deixada entre nós, haverá de diminuir parte , ao menos, do grande vácuo que sua partida deixa para entre nós.

Obrigado, Professor.

COMPARTILHAR