Projeto Inclusão Digital forma 17 alunos na Unisul

Em clima de integração e amizade, os alunos do Projeto Inclusão Digital da Unisul colaram grau nesta quarta-feira (11). O projeto contou com a participação de 17 idosos que frequentaram aulas semanais sobre a utilização das ferramentas digitais como internet, celulares e computadores ao longo do ano. “A gente se emociona com a alegria deles e buscamos preparar esse momento com muito carinho para valorizar todo o esforço e dedicação da turma ao longo do ano”, afirma Silvana Dal Bó, coordenadora do projeto.

A realidade dos idosos participantes já tem apresentado algumas mudanças, afinal, o hábito dos mais jovens também foi visto entre os agora formados pelo curso. Muitos deles chegaram no evento com os celulares nas mãos e aproveitaram o tempo antes da formatura para trocar mensagens e registrar o evento em fotos. E foi no momento da entrega dos diplomas que a emoção tomou contas dos participantes, sorrisos e abraços apertados fizeram parte dos registros.

Convívio Social

O Projeto Inclusão Digital ultrapassa as barreiras do ensino da tecnologia e também adentra para a questão do convívio social. Maria Gorete Carvalho é uma das alunas formadas pelo projeto que descreve ele como sua dose semanal de alegria. “Por onde eu vou divulgo o projeto para que mais pessoas possam experimentar essa experiência maravilhosa, pois toda quarta-feira era como se eu recarregasse as minhas energias. As amizades que construí aqui levo para a vida assim como os conhecimentos adquiridos”, agradeceu aos colegas.

Em 2020

A professora Ivana Marcomin, por meio da Gerência de Ensino, Pesquisa, Pós-graduação, Extensão e Inovação (GEPPExI), esteve presente no evento para parabenizar, em nome da Unisul, os formados. Ela também anunciou que o Projeto Inclusão Digital continuará suas atividades em 2020 atendendo uma nova turma de idosos da região.

COMPARTILHAR