Nova regulamentação em estética será apresentada a estudantes

A regulamentação e a legislação vigente para o exercício da profissão compõem a palestra do curso de Estética e Cosmética, no dia 19/03, às 19h, na sala 113D – unidade Pedra Branca, que será ministrada pela professora Andréia Mendes Cardoso.

Após a regulamentação ser alterada em 2018, faz-se necessário esclarecer sobre os novos rumos da profissão. “Agora é hora de celebrarmos o resultado do trabalho iniciado em 2014, pelo Multidão da Estética. Conquistamos nossa Regulamentação e com ela a credibilidade”, destaca a Andréia, professora do curso da Unisul, Tecnóloga em Estética e Cosmética, e especialista em Estética Clínica.

O encontro é gratuito, destinado aos estudantes do curso de Estética e Cosmética e demais interessados pelo tema.

Estética é reconhecida como profissão

A partir da Lei 13643/18 |Lei nº 13.643 sancionada em dia 03/04/2018, pelo então presidente Michel Temer, o exercício da profissão daqueles que atuam na área de estética e cosmética passou a ser regulamentado.

Assim, a profissão de esteticista com nível superior, passa a compreender as atividades de esteticista e comestólogo tendo como requisito o curso de nível superior no país em Estética e Cosmética, ou equivalente, ou o diploma de graduação no exterior revalidado no Brasil. Este profissional poderá exercer: responsabilidade técnica pelos centros de estética; direção, coordenação, supervisão e ensino de cursos na área; auditoria, consultoria e assessoria sobre cosméticos e equipamentos; elaboração de informes, pareceres técnico-científicos, estudos, trabalhos e pesquisas mercadológicas ou experimentais; elaboração do programa de atendimento ao cliente; e observância da prescrição médica apresentada pelo cliente ou solicitação posterior de exame médico ou fisioterápico para avaliar a situação. Mais detalhes neste link.