Tubarão pode receber núcleo de serviços florestais

Tubarão está pleiteando a instalação de um núcleo de serviços florestais. Esse foi o pedido realizado pela Unisul, juntamente com vários prefeitos da Amurel, ao diretor geral do Serviço Florestal Brasileiro, Valdir Colatto. Eles estiveram reunidos na Universidade, nesta segunda-feira (6), e conversaram sobre a possibilidade.

Segundo o professor Rodrigo de Freitas, do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da Unisul, Tubarão possui uma posição estratégica sob o ponto de vista da localização geográfica. “O município está inserido no domínio da Floresta Atlântica (Floresta Ombrófila Densa) e distante menos de duas horas da Serra Geral (Floresta de Araucária). Além disso, conta com facilidade de acesso via BR-101 e um aeroporto regional. A implantação em Tubarão fortalecerá o desenvolvimento do setor da área florestal”, esclarece.

O Serviço Florestal Brasileiro (SFB) é uma autarquia do governo federal que trata do manejo das Florestas Nacionais, do Sistema Nacional de Informações Florestais das concessões florestais, do Cadastro Ambiental Rural e de toda a política florestal brasileira. Atualmente, o SBF possui apenas três núcleos no Brasil, todos nas regiões Norte e Nordeste do país.

Parceria com a Unisul

Para o reitor da Unisul, professor Mauri Luiz Heerdt, a implantação de um núcleo do SFB em Tubarão poderia trazer muitos benefícios para a região. Além disso, poderia ser um grande parceiro da Universidade, tendo em vista a relevante atuação da Unisul na área socioambiental. “A implantação ampliará o rol de oportunidades de fomento para projetos de pesquisa, educação e extensão, o que, por consequência, impactará positivamente no desenvolvimento da Unisul e do Estado de Santa Catarina”, destaca.

A Universidade possui o terceiro curso de Agronomia mais antigo do Estado. Para o coordenador do curso de Agronomia, Celso Albuquerque, esse é um diferencial da Unisul. “Estaríamos nos candidatando para receber essa unidade, que dá suporte ao escritório de Brasília, na área de gerenciamento de serviços florestais. É importante destacar o potencial que a região sul tem na área. A Universidade pode colaborar muito, já que possui o curso de Agronomia, Ciências Biológicas e também o Mestrado em Ciências Ambientais”, reforça.

Projetos Socioambientais

A Unisul colabora na elaboração de Planos de Manejo de Unidades de Conservação, como a Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca e Parque Florestal do Rio Vermelho. Vem atuando também em diversos Conselhos Gestores, Comitês e Grupos de Trabalho, criados para implementação da agenda de desenvolvimento sustentável.