Unisul: Construção de uma vida

Nascida em Lauro Muller, Leonina Duarte, conhecida na Unisul como Lila do Cafezinho, aos 18 anos veio para Tubarão com o intuito de conseguir um trabalho. Lila já está há 40 anos na Unisul.

Durante o período em que permaneceu na Universidade, Lila sempre trabalhou fazendo café para todos os setores. Segundo Lila, uma das melhores sensações que vivencia todos os dias é a oportunidade de poder conversar com as pessoas, momentos proporcionados pelo seu trabalho.

Lila chegou na Unisul ainda quando recebia o nome de Fundação Educacional de Santa Catarina (FESC), já realizando o trabalho de fazer café para os setores. Embora na época houvesse poucos funcionários, aquele período trouxe boas lembranças. “Muitos momentos marcaram minha vida, toda minha vida foi construída a partir daqui, como a chegada de filhos e netos”, afirma. A colaboradora possui três filhos e cinco netos.

Ela recorda que, uma vez, cada setor montou sua árvore de Natal para participar de uma competição, em que o vencedor ganharia uma viagem para Gramado, no Rio Grande do Sul. Na época, o setor de Lila foi o vencedor. “Construímos a árvore mais alta e mais bela. Ela era tão bonita. Mas, principalmente, representava a união de todos”, relembra.

Para Lila, muitos momentos presentes na Unisul foram marcantes para sua história. “Foram tantos momentos únicos e especiais, a gente lembra dos amigos, dos que se foram e deixaram saudades, pessoas que foram muito bacanas e que conviveram aqui com a gente. Nós éramos uma família, um se preocupando com o outro e isso ainda acontece hoje”, destaca.

Neste mês, a Unisul completa 54 anos, período que marcou histórias de pessoas que passaram e que ainda estão presentes, vivendo todos os dias da Universidade.

Especial Unisul 54 anos:

Unisul: 54 anos de possibilidades
Unisul: “Toda uma vida”
Unisul: Pessoas que gostam de atender pessoas
OBRIGADO UNISUL!

COMPARTILHAR