Unisul e escola juntas no despertar do conhecimento científico

Com o objetivo de aproximar os jovens estudantes de escolas com o desenvolvimento do conhecimento científico, os acadêmicos de Ciências Biológicas e da pós-graduação da Unisul participaram do projeto Biologia na Rua. Nesta quarta-feira (24) eles estiveram na Escola Jovem em Tubarão, conversando e apresentando aos alunos o universo da ciência e da biologia.

O evento trouxe de maneira científica e ao mesmo tempo lúdica o desenvolvimento da ciência na Universidade. Com aulas práticas, jogos didáticos e vivência com os animais, os estudantes puderam conhecer mais sobre alguns temas, como: A importância das Coleções Zoológicas; Conhecendo o animal mais perigoso do mundo; Ecologia, Conservação e Manejo de Invertebrados; Cultura de Tecidos Vegetais; Conservação de Recursos Naturais de Uso Comum; Percepção Socioambiental; Jogos Inovadores para o Ensino de Ciências e Biologia além da importância de se Conhecer para Preservar.

Via de mão dupla

Além de levar mais conhecimento para os estudantes das escolas, a experiência com o projeto também acaba sendo proveitosa para os acadêmicos. “O aluno da graduação e da pós-graduação se sente mais motivado. Ele apresenta seu próprio trabalho para um público que, muitas vezes, nunca teve acesso a esse conteúdo. O acadêmico precisa encontrar formas criativas de apresentar o trabalho e de prender a atenção desse público”, afirma a professora do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde (PPGCS) da Unisul, Josiane Somariva Prophiro, uma das responsáveis pelo Biologia na Rua.

Parceria multidisciplinar

O projeto Biologia na Rua reúne diversos cursos da Unisul. A parceria tem como objetivo central fazer com que o jovem estudante tenha uma melhor percepção do que é fazer pesquisa e ciência. Além do curso de graduação em Ciências Biológicas, os Programas de Pós-Graduação em Educação, Ciências da Saúde e Ciências Ambientais também participaram do projeto por meio dos grupos:

  • Grupo de pesquisa em Imunoparasitologia (IMPAR), com a professora Josiane Somariva Prophiro;
  • Laboratório de Zoologia, com a professora Thereza de Almeida Garbelotto;
  • Grupo de pesquisa em Conservação de Recursos Naturais de Uso Comum, com o professor Rodrigo Rodrigues de Freitas;
  • Grupo de pesquisa Análise e planejamento ambiental da paisagem e Educação Ambiental, com a professora Fatima Elizabeti Marcomin;
  • Grupo de pesquisa Ecologia, Conservação e Manejo de Invertebrados, com a professora Patrícia Menegaz de Farias;
  • Laboratório de Cultura de Tecidos Vegetais, com o professor Gilmar Pezzopane Plá;
  • Grupo de pesquisa Educação em Ciências e Pensamento Crítico, com a professora Yalin Brizola Yared;
  • Grupo de pesquisa Zoologia e Ecologia de Vertebrados, com o professor Rodrigo Ávila Mendonça.