Unisul vai treinar agentes públicos no Projeto Rondon

A Unisul foi uma das universidades brasileiras selecionadas para atuar este ano no Projeto Rondon, movimento criado para envolver professores e estudantes universitários em estudos e soluções de problemas sociais, nas regiões mais pobres do país.

Um grupo de docentes e estudantes da Unisul vai permanecer, entre os dias 10 e 25 de julho próximo, no município de Cavalcante, em Goiás, onde capacitará integrantes do serviço público para a difusão dos serviços da prefeitura, e treinará lideranças e servidores municipais para os programas de formação de políticas públicas. Além disso, a equipe da Unisul vai treinar gestores para campanhas de educação ambiental, bem como ao uso de tecnologias sociais visando à melhoria da qualidade de vida das comunidades.  A agricultura familiar, o incentivo ao cooperativismo, associativismo e empreendedorismo para a geração de renda e o planejamento e ações para o desenvolvimento do potencial turístico também integram as ações dos novos integrantes do Projeto Rondon 2020.

A Operação, denominada “Lobo Guará”, será realizada em 11 cidades de Goiás e em uma de Minas Gerais. O plano da Unisul, aprovado pelo Projeto Rondon, tem a coordenação de uma equipe formada pelos professores Wladimir Vinicius Pimenta, Juliano Frederico da Rosa Cesconeto e Adilson Tibúrcio. Agora, a equipe vai selecionar e capacitar oito alunos para a operação em Goiás.

PROJETO RONDON

O Projeto Rondon, que homenageia o bandeirante do século XX, o marechal Cândido Rondon, é um movimento iniciado em 1966 com o objetivo de levar jovens universitários a conhecer a realidade do Brasil e participar de estudos, planejamento e ações destinadas ao desenvolvimento social. Foi oficialmente criado oficialmente em 1968 e envolveu, até a sua extinção, em 1989, cerca de 380 mil universitários, que desenvolveram operações principalmente nos estados das regiões do Norte e Nordeste brasileiros. Foi extinto em 1989 e retornou em 2005. Hoje integra o Ministério da Defesa, com a participação de outras pastas do governo federal.

COMPARTILHAR