VIII SIMFOP está no 3º dia: destaque para Defesa da Educação Infantil

VIII SIMFOP: entre os dias 7 e 12 de novembro acontece em Tubarão o VIII Simpósio sobre Formação de Professores – SIMFOP.

O evento tem como finalidade a divulgação científica, a socialização de experiências pedagógicas e a articulação entre a universidade e as escolas de educação básica; e traz Grupos de Trabalho, Oficinas e Minicursos.

VIII SIMFOP: a abertura do evento foi com a conferência: ‘Os 20 anos da LDB (1996-2016): Limites e desafios na atual conjuntura política e social do Brasil’ com o palestrante, Dr. Jéferson Silveira Dantas (CED/UFSC).

VIII SIMFOP no 2º dia

No segundo dia, 8/11, aconteceu a Apresentação Cultural/Retrospectiva SEMEIA com a Cia do Teatro, sob a coordenação de Ilza Laporta; Currículo e inclusão escolar com a palestrante Dra. Geovana Mendonça Lunardi Mendes (Udesc); Escolarização de estudantes com deficiência intelectual: Considerações sobre a pesquisa em rede, com a palestrante Marilene Faria Büttenbender (PPGE/Udesc); Educação especial na perspectiva da inclusão nas escolas da rede estadual de ensino, com a palestrante Sandra Montedo (Fundação Catarinense de Educação Especial); Práticas pedagógicas com/para estudantes com TDAH, com a palestrante Grazielle Franciosi da Silva (Fundação Catarinense de Educação Especial); Atendimento educacional especializado/ Altas habilidades: relato de experiência, com as palestrante Maria da Glória Marques Bitencourt (Gerência Regional de Tubarão) e Jacira Medeiros (Gerência Regional de Tubarão); Relato de pesquisa e práticas pedagógicas no Estágio Supervisionado, com os estudantes e Professores do curso de licenciatura em Educação Especial (Parfor/Unisul); Práticas de Inclusão para os estudantes com deficiência física, com a palestrante Fabiane Durante (Unisul) e Diagnosticando a deficiência intelectual e estratégias para a prática professional com a palestrante Jamily Trento (APAE/Araranguá).

VIII SIMFOP no 3º dia

No terceiro dia de evento, 9/11, acontecem diversas atividades em paralelo, o destaque vai para a Reunião do Fórum Catarinense de Educação Infantil (FECEI), Em defesa da Educação Infantil: nenhum direito a menos, que aconteceu na Sala de treinamento do prédio Sede da Unisul.

“O Fórum Catarinense de Educação Infantil foi instituído no ano de 1999, com o objetivo principal de garantir o direito das crianças de 0 a 6 anos a uma educação infantil pública e de qualidade. Integra o Movimento Interfóruns de Educação Infantil – MIEIB desde a sua criação. Importante destacar que as discussões que se seguiram desencadearam a criação de Fóruns Regionais e Municipais em SC. As primeiras ações do Fórum Catarinense de Educação Infantil foram no sentido de integrar as instituições de Educação Infantil aos Sistemas de Ensino, incentivar a formação inicial para os profissionais, debater as políticas de financiamento e aprofundar o conhecimento sobre o binômio cuidar/educar”, conforme consta no site do Movimento Interfóruns de Educação Infantil do Brasil.

Na reunião apresentou-se o caráter constitutivo do fórum, não jurídico, uma organização civil que se aproxima pelo entendimento de que as crianças tem direitos, como cidadãos que buscam a regulamentação destes direitos. E, enfatizou-se a necessidade de criação de fóruns regionais no estado para a efetiva participação civil junto as estancias executoras do direito, destacou-se o compromisso por não haver financiamento. O fórum visa fomentar a vontade de participação social.

A finalidade do fórum é uma carta que demarca o fórum como prática expositiva das políticas públicas, a carta é a defesa que se faz pela educação infantil. Com isso, o fórum instrumentaliza o poder público e as políticas públicas em defesa dos direitos das crianças.

Texto: Reginaldo Osnildo

COMPARTILHAR