Visita técnica intensifica o conhecimento dos ambientes de aprendizagem

A Universidade é a porta de entrada para muitos estudantes que vêm em busca do ensino superior e também, para aqueles que desejam uma pós-graduação. Assim, dentro dos ambientes de aprendizagem abordam-se temas mais teóricos e, muitas vezes, até a aplicação desses conceitos se limita ao espaço físico da instituição de ensino. Já a Unisul, tenta fazer a diferença ao permitir que o aprendizado evolua para além desses espaços da Universidade. Assim, surge a prática de visitas técnicas para proporcionar aos estudantes uma visão mais real de como funciona a futura profissão e o mercado de trabalho.

No final do mês de março, as turmas de 7ª fase de Agronomia e de Arquitetura e Urbanismo, campus Tubarão, participaram de visitas técnicas elaboradas e orientadas por professores dos cursos a fim de aprofundar os conhecimentos nas disciplinas que serão ministradas ao longo do semestre. Intensificando aprendizado e proporcionando uma experiência diferenciado aos estudantes.

A Arquitetura em Porto Alegre

Em três dias de visita técnica, os acadêmicos do curso de Arquitetura e Urbanismo conheceram Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, e puderam aprender mais sobre a disciplina de Projetos de Arquitetura de Edificações com grandes vãos. Os estudantes visitaram a Arena do Grêmio e a Ceasa da cidade e puderam observar aspectos técnicos das edificações. Os conhecimentos adquiridos já serão utilizados para elaborar projetos dentro da unidade de aprendizagem ao longo do semestre.

O professor Rodrigo Althoff Medeiros, coordenador do curso, explica que a visita técnica é uma prática recorrente no curso de Arquitetura e Urbanismo da Unisul e que já é prevista na carga horária das disciplinas. “A gente busca, dentro dessa prática, proporcionar um aprimoramento de conhecimentos aos alunos. Nesses locais visitados, eles podem observar problemas que futuramente também irão encontrar nos próprios projetos. Desde a parte de arquitetura, de estrutura, de instalações, de acesso, acessibilidade na edificação, questões de segurança contra incêndio. E essas visitas técnicas acabam se tornam o diferencial do nosso curso”, conclui.

Visita às lavouras de Verão

Os acadêmicos de Agronomia puderam observar na prática como funciona o manejo das culturas estudadas na disciplina de lavouras de verão. No último dia 30, eles visitaram propriedades que cultivam soja e arroz na cidade de Tubarão sob orientação do professor da Unisul, Juliano Cesconeto, que é o engenheiro agrônomo responsável por ministrar a disciplina. Para o professor, é indiscutível a necessidade de colocar em prática os conteúdos vistos em sala e depois complementar a aprendizagem através da ida a campo. Pois, na Agronomia é necessário observar as plantas em situação real, como se comportam e fazer algumas avaliações. “O ponto de encontro da teoria com a prática é onde as dúvidas surgem e a visita técnica possibilita isso”, acrescenta.

“Atualmente, o curso de Agronomia da Unisul está incentivando os professores a ministrar mais aulas práticas, dentro de suas respectivas cargas horárias, pois, os estudantes estão exigindo cada vez mais esse tipo de atividade para complementar a sua formação. A coordenação do curso e o Centro Acadêmico realizaram recentemente uma reunião para planejamento de atividades práticas e extracurriculares. Essa visita foi o início da execução desse cronograma de atividades”, destaca o professor Celso Albuquerque, coordenador do curso.