Segundo dia da Vitrine das Profissões repete sucesso de público
Vitrine das Profissões é sucesso de público e deixa saudades / Foto: Reginaldo Osnildo

A Vitrine das Profissões aconteceu na Unisul Campus Tubarão, entre os dias 21 e 22 de setembro, e ofereceu palestras, miniaulas e visitas aos laboratórios. O projeto mobilizou todos os cursos e foi transmitido ao vivo – via internet – do Ginásio Poliesportivo do Campus Tubarão com apoio da UnisulVirtual e Unisul TV.

A organização do evento pretendia inaugurar a Vitrine das Profissões cortando a tradicional fita, mas quando se percebeu mais de trezentos alunos passavam pelo portão montado em frente ao Centro de Convivência da Unisul em uma atitude instintiva na busca pelo futuro pessoal e profissional; e ao fundo a banda do Dehon ritmava aqueles passos, jovens passos que caminhavam para o sonho da universidade. Não só da abertura há um marco na vida dos estudantes que ali estiveram, mas o evento todo teve este impacto.

A Vitrine contou com a participação das bandas do Colégio Dehon e da 3ª Companhia do 63º Batalhão de Infantaria de Tubarão, grupo Terapeutas da Alegria, Cia de Dança e de Teatro da Unisul, Coral Unisul, Quinteto do maestro Jefferson e bailarinas de Zumba.

No Ginásio Poliesportivo do Campus Tubarão os estandes apresentaram o particular de cada curso. Havia uma cabine fotográfica, um palco montado para apresentações e a Rádio Corredor, projeto do curso de Jornalismo coordenado pelo professor Ronaldo Sant’Anna entrevistou professores, acadêmicos e alunos terceiranistas que circulavam pelo evento.

Vitrine Rádio Corredor
Vitrine das Profissões é sucesso de público e deixa saudades / Foto: Reginaldo Osnildo

Além da Rádio Corredor, o Curso de Jornalismo levou jornais e revistas produzidas pelos acadêmicos e um espaço para que os visitantes fossem fotografados, com banners de séries de televisão conhecidas. “É muito gratificante a experiência na rádio, estou entrevistando quem tiver interesse de conversar, na medida do possível esclarecemos as dúvidas do público. Conversamos com palestrantes, com a Cia de Teatro da Unisul, alunos dos colégios visitantes, à exemplo da Escola Professor José Rodrigues Lopes de Garopaba, e professores e coordenadores de cursos. Eu estou na rádio, mas tem vários alunos do curso fotografando o evento”, comenta o acadêmico da 3ª fase de Jornalismo, Leonardo Hübbe.

A dinâmica dos estandes da Vitrine das Profissões

O estande de Intercâmbios da Unisul Global, coordenado pelo professor Davis Naspolini, do Escritório de Intercâmbio e Instituto de Idiomas, apresentou o universo da mobilidade acadêmica da universidade. O interessado em estudar em outro país se informou do que é necessário para efetivar o intercâmbio. “Faz parte da internacionalização do ensino superior colocar os alunos em dimensões multiculturais. A Unisul tem convênios com o Governo Federal que possibilita que os alunos estudem em universidades conveniadas, sem custo algum e ainda sejam custeados. Na grande maioria os intercâmbios são convênios com universidades parceiras ao redor do mundo, com isenção de mensalidades nas instituições de origem e de destino,” enfatiza Davis.

História e Geografia se uniram em estandes vizinhos para apresentar o espaço de trabalho durante o curso e após a conclusão; mostraram a arqueologia da região e a história regional. “Geógrafos estudam o ambiente e os historiadores estudam as ações humanas neste ambiente, dentro deste contexto as possibilidades são diversas”, aponta o professor Mário Cezar de Oliveira Cardoso.

Cia de Teatro Unisul na Vitrine das Profissões
Vitrine das Profissões é sucesso de público e deixa saudades / Foto: Reginaldo Osnildo

“Ainda este ano serão abertas oportunidades para os interessados em atuarem na Cia, esta foi uma chance de conhecer o que a Cia faz”, lembra a coordenadora da Cia de Teatro, Ilza.

O estande da Cia de Teatro divulgou o que a Unisul tem de projetos culturais na comunidade interna e externa, e através do Grupo de Teatro mostrou imagens do trabalho que fazem. A coordenadora da Cia de Teatro, Ilza Laporta, levou a atuação para o ginásio e os atores interagiram com todos os que estiveram na Vitrine. Frequentemente os visitantes olhavam para o lado e tinham três sombras repetindo as ações que faziam.

Além dos alunos de medicina que estavam no evento para conversar com os interessados, a professora de Feridas e Cuidados com o paciente idoso, no ambiente de internato médico, Marilda Lima, esteve no estande de medicina para contar como funciona o Curso de Medicina da Unisul. Ela comenta que o internato é permitido a partir da 9ª fase. Até a 9ª fase as disciplinas são dentro da Unisul, mas no internado o acadêmico tem esse contato nos ambulatórios com o paciente. “A medicina é uma profissão fantástica, maravilhosa porque trabalha com o ser humana e prioriza a qualidade de vida deste”, conclui ela.

Universos diferentes na Vitrine das profissões

Psicologia também é uma profissão que lida com o ser humano e não só no que peculiar e doloroso, mas as emoções comuns deste também, sentimento, desenvolvimento, comportamento, personalidade, etc. Onde tem pessoas tem espaço para a psicologia atuar. “As pessoas que participaram do SOS Profissões relataram a reflexão que a palestra permite, facilita nas dúvidas existentes e fortalecem às inclinações à decisões prévias”, aponta Valdirene Bruning.

Eduardo Ventura entrevista participantes na Vitrine das Profissões
Vitrine das Profissões é sucesso de público e deixa saudades / Foto: Reginaldo Osnildo

O radialista, e acadêmico de jornalismo, Eduardo Ventura, entrevistou as pessoas que participaram da Vitrine das Profissões. Após anos de exercício da profissão de radialista, resolveu buscar o diploma para aprender outras funções além do rádio e hoje pratica a televisão dentro do curso de Jornalismo da Unisul, curso que dispõe de uma TV para isso, a Unisul TV. “Decidi optar pelo diploma, quem puder conquistar também deve buscar as oportunidades, hoje temos o Enem, Prouni, Sisu, o passaporte da Unisul e outras bolsas que facilitam esse acesso”, reforça ele.

A Ciência Móvel é um ônibus da Unisul Campus Pedra Branca que gira por todas as escolas de ensino médio onde a universidade atua para criar a identificação com a química. “Na vitrine das Profissões, disponibilizamos conhecimentos na área da engenharia química e engenharia de petróleo para os alunos que tinham interesse nessas áreas”, destaca o acadêmico de engenharia química Willian Henrique Juvência. Os acadêmicos estiveram na Ciência Móvel para mostrar as reações químicas aos visitantes. “Além dos líquidos que passam por reação, fitas de magnésio são queimadas e transformam-se em óxido de magnésio”, apresenta a acadêmica de engenharia química, Caroline Menegaz.

Soldado em clima de Vitrine das Profissões
Vitrine das Profissões é sucesso de público e deixa saudades / Foto: Reginaldo Osnildo

O soldado Alison Pereira, da 3ª Companhia do 63º Batalhão de Infantaria de Tubarão, participou da Vitrine das Profissões para contar as experiências da profissão militar. “Estamos aqui para mostrar como é a profissão militar, para tirar dúvidas, muita gente pensa que o exército é uma coisa, mas nem sempre o que é dito bate com a realidade, é uma profissão fantástica e tem seus méritos”, ressalta Alison.

A Vitrine das Profissões permitiu que o aluno assistisse miniaulas

As miniaulas encheram as salas, com isso a Vitrine das Profissões criou o clima propício para a interação com os alunos. Os questionamentos foram respondidos e as profissões delimitadas dentro do mercado de trabalho. Independente do curso escolhido essa foi uma abordagem priorizada, e surtiu o efeito desejado, todos os participantes sairam esclarecidos. Na miniaula de Administração foram destacadas as áreas estratégicas que os alunos irão atuar após a colação de grau e a aplicabilidade de cada uma dessas áreas, na gestão de empresas de varejo, de serviço, etc. A miniaula de Matemática apontou outros caminhos para além da educação, apresentou assim oportunidades em empresas que gerenciam recursos; e que necessitam de profissionais de cálculo. A editora-chefe da Unisul TV, Magda Martins, explicou na miniaula o impacto e a importância da profissão de jornalista. “Sempre me interessei em conhecer a história das pessoas e poder contar essas histórias, faço isso há quinze anos e a cada dia me surpreendo com as histórias que ouço. Tristes, de superação ou inspiradoras, faço isso com muito amor”, conta Magda.

O dia 21/9, quarta-feira, foi encerrado com a palestra “SOS Profissões: O que há de mais inovador em orientação de carreiras” e o dia 22/9, quinta-feira, apagou as luzes do evento com a sensação de missão cumprida. Os estudantes que não conseguiram saciar a dúvida sobre o futuro a traçar se inscreveram para participar da Degustação Unisul, onde, a ser marcada por cada curso, abrirá as portas da sala de aula para que ele possa vivenciar o ambiente acadêmico.

Texto e Fotos: Luisy de Albuquerque / Colaboração de Reginaldo Osnildo