Workshop aponta avanços e perspectivas para gestão portuária, em Imbituba

No workshop “Gestão da Cadeia Logística Portuária: convergência entre tecnologia e gestão para os portos do futuro”, no dia 19/09, das 9h às 13h, na Associação Empresarial de Imbituba (ACIM), as questões desde o avanço logístico, gerenciamento, investimentos, projeções, entre outros assuntos compõem as principais abordagens voltadas à indústria marítima. O evento é promovido pelo Núcleo de Comércio Exterior da ACIM em parceria com a Unisul. Com vagas limitadas e participação gratuita, a inscrição pode ser feita no e-mail: nucleos@acimimbituba.org ou por telefone (48) 3255-1415.

Contribuição da Unisul para o Porto de Imbituba

A equipe coordenada pelo professor Gean Fermino, além de fornecer pesquisas a partir de práticas do Programa de Pós-graduação em Administração, elaborou o Plano de Desenvolvimento e Zoneamento – PDZ para o Porto de Imbituba. “Este plano consiste no planejamento estratégico de gestão e operação, convertidos no zoneamento. E a partir da criação do layout, é possível prever a capacidade de ocupação de cargas nestas áreas, a relação com a cidade e região. Além disso, atua nas situações e soluções para a retroárea, acessos, transporte, logística, meio ambiente, tecnologia, equipamentos, entre outras questões para um cenário de 4 (quatro), 10 (dez) e 20 (vinte) anos”, contextualiza.
Neste cenário, a Unisul se posiciona como um dos poucos e restritos centros de estudos portuários do Brasil nesta especialidade ao cooperar nas questões de pesquisa, gestão e operação.
Conheça o Programa de Pós-Graduação em Administração

Gestão da Cadeia Logística Portuária

Muitas áreas, inclusive a portuária, sentem os impactos e aderem aos avanços tecnológicos, comenta Jorge Luiz de Souza, coordenador do ACIM Comex: “a indústria marítima está evoluindo e as tecnologias convergindo para o digital. O que é um avanço logístico não pode ficar travado por dificuldades de gerenciamento. Por isso toda a comunidade portuária é convidada a participar e fazer parte deste momento”.

De acordo com o professor Gean existe a possibilidade de implantação do Programa Rede de Portos Digitais e Colaborativos nos portos catarinenses, subsidiado pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), por meio do Sistema Econômico Latino-Americano e do Caribe (SELA). “A Rede já contempla 28 comunidades portuárias de diversos países de América Latina e Caribe. Atualmente tem-se como objetivo integrar a Rede, as comunidades portuárias dos Portos Catarinenses. Estão sendo mobilizadas as regiões de Imbituba, Itajaí e São Francisco do Sul”, explica.

O workshop será certificado pelo SELA/CAF e, articulado pelo professor doutor Ademar Dutra, do PPGA da Unisul, pesquisador internacional em Avaliação de Desempenho Portuário e pelo consultor internacional, Luis Arcencio (Chile), coordenador técnico do Programa Rede de Portos Digitais e Colaborativos que já visitou todos os portos catarinenses em 2016 e 2017.

Temas abordados durante o workshop

– Contexto internacional do negócio portuário marítimo e projeções de investimentos regionais para 2040;
– Conceitos e Tendências do Supply Chain Management aplicados à cadeia logística portuária;
– Melhores práticas organizadas no Modelo de Referência para a Competitividade e Gestão da Cadeia Logística Portuária;
– Lições aprendidas em projetos de governança logística e plataformas tecnológicas comunitárias dentre outros.